sábado, 28 de outubro de 2017

Codevasf investe em recuperação e pavimentação de vias públicas em municípios do Piauí

Foto: Emerson Monteiro/Codevasf

O escoamento da produção agrícola e a acessibilidade da população entre as zonas urbana e rural terão melhorias em quatro municípios do Piauí devido às obras da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Serão investidos recursos da ordem de R$ 2,3 milhões em recuperação de estradas vicinais no município de Miguel Alves e Monte Alegre do Piauí e em pavimentação de vias públicas em Geminiano e Beneditinos. Os investimentos foram destinados à Codevasf por emenda parlamentar.

As ações serão feitas por meio de convênios com as prefeituras municipais. Na recuperação de estradas vicinais, serão investidos pouco mais de R$ 1,8 milhão. Já na pavimentação de vias públicas serão investidos recursos de aproximadamente R$ 507 mil no total.


O projeto básico do município de Geminiano foi entregue à Codevasf e está em fase de análise pelo técnico da Companhia, Hélio Pereira, da Superintendência Regional da Codevasf no Piauí. Segundo ele, serão pavimentadas cerca de 2 mil m² em paralelepípedos. O restante dos projetos está sob fase de elaboração pelos municípios.

A analista em Desenvolvimento Regional, Clarissa Santos, destacou a importância das obras das estradas vicinais para os municípios de Miguel Alves e Monte Alegre do Piauí. “A recuperação de estradas vicinais viabilizará a comunicação entre localidades e a sede dos municípios beneficiados, facilitando o acesso e o deslocamento da população aos postos de saúde, escolas, etc., bem como o escoamento da produção agrícola, melhorando a trafegabilidade, favorecendo as relações comerciais e sociais e assim promovendo o desenvolvimento regional”, explica.

Ela também enfatizou a importância das obras de pavimentação de vias públicas nos municípios de Geminiano e Beneditino. “A pavimentação de vias públicas nas áreas povoadas nas zonas rural e urbana dos municípios, além de promover a estruturação urbanística do local, se torna um importante aliado no combate às doenças tanto causadas pelo acúmulo de água residual doméstica quanto da chuva’’, conclui Clarissa.

Codevasf


0 comentários:

Postar um comentário