sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Jiboia criada como animal de estimação é entregue à CPRH em Recife

Foto: Jonathas Brito

Uma jiboia (Boa constrictor), criada como animal de estimação e chamada carinhosamente de Doida, foi entregue à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) pelo seu tutor, o caseiro Cleber Almeida, morador do bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. O caseiro viu, pela televisão, a campanha de entrega voluntária de animais silvestres promovida pela CPRH, e resolveu levar o réptil ao órgão ambiental.

Medindo aproximadamente um metro e meio de comprimento, Doida chegou à CPRH, na Zona Norte, transportada da Imbiribeira em uma bicicleta, pedalada pelo caseiro. Cleber Daniel explicou que encontrou a jiboia ainda filhote, em uma fazenda no município de Limoeiro, Agreste Setentrional do Estado, onde ele trabalhava como caseiro.
“Eu a criava há cinco anos e gosto muito dela. Vivia solta, dentro de minha casa. Mas vi que a CPRH está recebendo animais desse tipo e resolvi trazê-la pra cá, para vocês verem o que é melhor para ela. Trouxe por medo de ser denunciado”, disse o caseiro, acariciando a jiboia enroscada no seu braço. O réptil, explicou Cleber Almeida, era alimentado a cada quinze dias com codornas.

“Nós vamos encaminhar o animal para o Centro de Triagem de Animais Silvestres, no bairro da Guabiraba, onde ele passará por um período de reabilitação antes de retornar à natureza”, declarou o gerente da Unidade de Gestão da Fauna, Eduardo Vasconcelos.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH
www.cprh.pe.gov.br


0 comentários:

Postar um comentário