terça-feira, 24 de outubro de 2017

Petrolina/Petrolândia: Depois de tentar impedir título de Honoris Causa a Lula, vereador agora quer expulsão de Aécio do PSDB

Petrolandense Ronaldo, vereador de Petrolina (Foto arquivo Blog AR)

Petrolina: Depois de acionar a justiça para impedir a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) de conceder um título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) agora se volta contra aquele que foi o maior líder do seu partido: o senador Aécio Neves.

Filho de Petrolândia, Ronaldo Silva é vereador por Petrolina por dois mandatos (veja histórico a baixo).

Denunciado na Operação Lava-Jato pelo empresário Joesley Batista, do Grupo J&F, pedindo R$ 2 milhões de propina para tentar barrar a Lava-Jato, Aécio conseguiu se livrar da cassação do mandato graças a uma manobra dos seus pares no Senado. Mas Ronaldo Silva não está convencido de sua inocência e quer a expulsão do parlamentar do PSDB. Ele até já enviou ofício ao presidente nacional do partido, Tasso Jereissati.


“O envolvimento do maior representante do partido não denota confiança ou postura idônea de liderança, o que envergonha a legenda partidária nesse momento tão delicado da democracia brasileira, pois o povo precisa de uma base sólida representativa para voltar a acreditar no progresso do Brasil”, justifica o vereador. “Com a voz de diretoriano, vice-presidente e delegado do PSDB de Petrolina, vereador eleito pelo povo e, principalmente, como cidadão que foi às ruas lutar contra a corrupção generalizada hoje em nossa política, peço que as devidas providências sejam tomadas”, completou Ronaldo.

Histórico
Há 30 anos, o petrolandense Ronaldo Silva deixava sua cidade natal para arriscar um emprego em Petrolina, em Pernambuco, assim como fizeram muitos outros petrolandenses, no período de transição da velha para a nova Petrolândia. Lá, Ronaldo Silva constituiu família, fez novos amigos e entrou no mundo da política. Na terceira tentativa à Câmara de Vereadores de Petrolina, conseguiu o mandato em 2012, sendo reeleito em 2016 (Fonte: Blog de Assis Ramalho).

Blog de Carlos Brito


0 comentários:

Postar um comentário