domingo, 29 de outubro de 2017

Advogado criminalista é morto a tiros em Lagoa de Itaenga, PE

Advogado criminalista Fábio Jorge Coelho Farias, 36 anos, assassinado na noite deste sábado
Presidente da Subseccional da OAB/PE em Carpina, Luiz Flávio Rodrigues esteve no local do assassinato do advogado criminalista Fábio Jorge Coelho Farias, 36 anos para acompanhar as investigações preliminares. Fotos: Reprodução/Perfil Pessoal

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) acaba de informar que investiga a morte do advogado criminalista Fábio Jorge Coelho Farias, 36 anos, assassinado na noite deste sábado, em Lagoa do Itaenga, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Segundo nota distribuída à Imprensa, o advogado o assassino atirou pelas costas e continuou efetuando disparos mesmo depois que o advogado caiu no chão e saiu em direção à esquina, na garupa de uma motocicleta e fugiu.

Ainda segundo a PCPE, o advogado criminalista Fábio Farias estava em uma lanchonete e foi alvejado na nuca. As investigações serão comandadas pelo delegado Eronildes Alves, titular da delegacia de Lagoa de Itaenga.

A nota da PCPE indica que “não há informações suficientes para definir a motivação crime”, mas informações atribuídas ao delegado Rommel Ricardo indicam que o crime teria relação com a atividade profissional da vítima.

Presidente da Subseccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB/PE) em Carpina, Luiz Flávio Rodrigues adiantou por rede social que vai acompanhar as investigações para que a perda não seja mais um número das estatísticas. “Fábio foi nosso estagiário no início da sua faculdade, além de ser um grande músico. Comparecemos ao local para acompanhar as investigações preliminares”, registrou.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário