domingo, 10 de setembro de 2017

Quilombolas do Território Águas do Velho Chico, de Orocó, participam do Grito dos Excluídos, em Floresta


O Território Quilombola Águas do Velho Chico, situado no município de Orocó, no Sertão do São Francisco, em Pernambuco, foi representado pela juventude no dia 06 deste mês, no 1º Grito dos Excluídos, realizado em Floresta. O evento foi convocado pela Diocese de Floresta e reuniu integrantes de comunidades quilombolas, indígenas, MST, Fetape, associações comunitárias, Instituto Raízes e igrejas, para defender o direito à vida, a luta é todo dia e MAB.

A concentração foi iniciada no trevo da entrada da cidade, de onde os manifestantes saíram em caminhada pelas principais avenidas e ruas de Floresta, entoando cantos populares, palavras de ordem contra o governo Temer, por Terra, Trabalho e Teto, além de vários discursos que denunciaram os ataques patrocinados pelo governo golpista contra os trabalhadores e a maioria da população, bem como as medidas de entrega do patrimônio nacional aos estrangeiros, além dos casos de corrupção.

O Bispo Dom Gabriel Marchesi, representando a Diocese de Floresta, fez o principal discurso do dia, destacando a necessidade de se assumir o compromisso de construção de um Brasil melhor e, que para tanto se faz necessário repudiar e renunciar a qualquer forma de corrupção.


Acrescentou ainda Dom Gabriel que as pessoas que estão nas ruas hoje, são um sinal de esperança, pois querem construir um país onde haja dignidade e justiça.

Várias outras lideranças fizeram discursos contundentes na defesa dos direitos sociais e trabalhistas, bem como de denúncias contra o governo Temer, a exemplo de Carlos Veras, Presidente Estadual da CUT/PE; Doriel Barros, Presidente da FETAPE; Wilka Freire, Presidente do STR/Floresta; Paulo Mansan, da Frente Brasil Popular de Pernambuco, além de várias representações do MST/Movimento Sem Terra e de diversos dirigentes sindicais e populares.

Lideranças do Território Quilombola Águas do Velho Chico - Orocó-PE.


0 comentários:

Postar um comentário