terça-feira, 19 de setembro de 2017

Pastor Valdemiro Santiago afirma que doença de Marcelo Rezende foi 'castigo de Deus'


O apresentador Marcelo Rezende morreu, no sábado, 16, vítima de um câncer que se iniciou no pâncreas, se espalhou para o fígado e posteriormente por todo o sistema digestivo do apresentador. Ao longo do tratamento, ele ainda optou por encerrar a quimioterapia e, nos últimos dias, foi acometido por uma forte pneumonia.

A crueldade da afirmação chegou a ganhar adeptos e aplausos dentro do templo onde as palavras foram pronunciadas.

Com a morte do apresentador, alguns religiosos chegaram a resgatar as palavras do pastor para confirmar a maldição de Valdemiro Santiago. Entretanto, o maior coro foi em prol do querido Marcelo Rezende, e o apóstolo foi muito criticado.


Para quem não sabe, Valdemiro Santigo (Igreja Mundial) era pastor da igreja de Edir Macedo, mas ao longo dos trabalhos eles se desentenderam e o pastor foi expulso da igreja. Muito astuto, o ex-pastor da Universal decidiu criar a própria igreja e arrebanhar fiéis, principalmente da igreja do rival. Por outro lado, a Rede Record costumava dar muita ênfase às 'traquinagens' do apóstolo, incluindo uma possível campanha de compra de uma fazenda no valor de R$ 5 milhões, que foi levantado junto aos fiéis em poucas horas.

Por conta da rivalidade com Marcelo - que era funcionário de Edir Macedo e também por conta de críticas que o apresentador falecido fez a Valdemiro, principalmente quanto à hipótese de ele estar ludibriando os fiéis - o apóstolo chegou então a afirmar que o câncer de Marcelo era obra do maligno e que era o demônio quem comia o fígado do apresentador. Todo o culto religioso foi gravado e as palavras ficaram registradas. Com a morte do apresentador, o vídeo voltou a circular na internet.
Doença de Marcelo Rezende é 'castigo de Deus', segundo o apóstolo Valdemiro Santiago

As fortes palavras pronunciadas pelo pastor chocaram as pessoas que assistiram ao vídeo. Durante o culto ele ainda disse que Marcelo passava por um castigo divino.

NE10


0 comentários:

Postar um comentário