domingo, 3 de setembro de 2017

Mesmo condenado e ameaçado de prisão, Lula desembarca no Piauí e é recebido por uma multidão


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao Piauí e foi recebido por uma multidão. Ele cumpre agendas como parte de sua caravana pelo Nordeste, que encerra na próxima semana, em São Luis (MA).

Quatro cidades piauienses serão visitadas pela caravana petista. Passará ainda pelas cidades de Picos, Altos e Teresina. Lula permanece no Piauí até a próxima segunda-feira (04), quando receberá título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal.

O ex-presidente fez um discurso rápido, relembrando ações que ajudaram a mudar a vida do sertanejo piauiense. Destacou programas sociais como o Fome Zero, lançado em Guaribas (PI), e cobrou do governador Wellington Dias uma visita ao município. "Quero que você me leve a Guaribas. Estou começando a ficar preocupado porque ele [Wellington] nunca me levou a Guaribas", disse.

Lula disse que nenhum dos projetos lançados em seu governo seriam possíveis de serem executados no Piauí, sem a ajuda do "índio". "Wellington Dias sempre aparecia com projetos em Brasília. E ele conseguia dinheiro para o Piauí, porque projeto é mais que ideia, é trabalho".

Mencionou os programas Minha Casa Minha Vida, Prouni, Pronatec, Luz Para Todos, e o Bolsa Família. Diz que a viagem pelo Nordeste vem lhe ajudando a entender que o povo agora gosta de uma vida melhor, de fazer faculdade, andar de avião e comer melhor, e que antes do PT o povo pobre era tratado como escória da humanidade.


Sobre os parques eólicos, diz que este tornou-se um meio do pobre conseguir renda. Comentou ainda sobre as acusações feitas contra ele, pela Justiça e pela oposição, e disse: "Não se preocupem com o que estão fazendo comigo. Eu estou preocupado é com os retrocessos neste país". Agradeceu ainda o apoio e a generosidade daqueles que lhe elegeram. "Deus foi generoso com vocês, dando esse vento e esse governador Wellington Dias".

Em vídeo publicado na internet, a senadora Regina Sousa falou da expectativa sobre a visita de Lula, e diz aguardar "multidões" nos atos com a presença do ex-presidente. "Até nas cidades que não estão marcadas atividades, as pessoas esperam e cercam o ônibus, não tem jeito de não parar", disse.

Já o governador Wellington Dias, em declaração à assessoria da senadora Regina, destacou que a vinda de Lula ao Piauí "possibilita que, mais uma vez, ele trate da pauta de interesse do povo com o próprio povo, para fazer o Brasil voltar a crescer, incentivando empreendimentos sustentáveis, que geram empregos e melhoram as vidas das pessoas”.

Regina disse, ainda, que o perfil social do Piauí mudou nos governos Lula e Dilma, sendo hoje a população muito "grata" aos governos do PT. Dando boas vindas, o deputado federal Assis Carvalho disse que Lula foi o ex-presidente que "mais contribuiu com o nosso estado", destacando a visita ao Parque Eólico no município de Marcolândia.

Jornal da Cidade-PI




0 comentários:

Postar um comentário