quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Sonora Brasil leva Coco do Zambê ao Sertão de Pernambuco

De 1º a 3 de setembro, o projeto leva para três cidades apresentações gratuitas ao público

Após passar por Triunfo, no Sertão do Pajeú, o projeto Sonora Brasil, realizado pelo Sesc, chega ao Sertão do Araripe e do São Francisco para apresentar o Coco de Zambê. No dia 1º de setembro, a Capela dos Santos Reis, localidade da Várzea do Meio, em Bodocó, recebe o grupo partir das 20h. No dia 2, é a vez do público de Araripina dançar ao som do Coco às 20h, no Lions Club. Em Petrolina, a apresentação acontece no domingo (3/9), no mesmo horário, no Teatro Dona Amélia. O acesso é gratuito ao público.

O Coco de Zambê é encontrado principalmente no município de Tibau do Sul, litoral do Rio Grande do Norte. A manifestação cultural, de acordo com pesquisadores, chegou aos engenhos de cana-de-açúcar e colônias pesqueiras da região através de africanos escravizados.

Dois tambores estão presentes na maioria dos grupos que praticam o Coco de Zambê: o próprio Zambê, também conhecido como pau furado ou oco de pau, que é maior e mais grave, e o Chama, ambos construídos artesanalmente com troncos de árvores da região. Além desses tambores outros instrumentos de percussão podem ser encontrados, inclusive lata de tinta reaproveitada.
Entre as particularidades do Coco de Zambê, destaca-se que os brincantes se revezam reverenciando o tambor e realizando passos livres de grande energia que lembram movimentos da capoeira e do frevo. Uma de suas principais características é o fato de ser praticado apenas por homens.

SONORA - Em sua 20ª edição, o projeto é o maior em circulação pelo País, e até o mês de novembro apresenta quatro grupos com o tema “Na pisada dos cocos”. No mês de julho, a programação foi aberta com o Coco do Iguape, de Fortaleza-CE, que também se apresentou nessas cidades. A iniciativa traz expressões musicais fortes, mas ainda pouco difundidas e que integram o cenário cultural brasileiro.

Serviço: Sonora Brasil
Coco de Zambê
1/9, 19h30h – Capela dos Santos Reis, Várzea do Meio (Bodocó)
2/9, 20h – Lions Club (Araripina)
3/9, 20h – Teatro Dona Amélia (Sesc Petrolina)

Dupla Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário