quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Prefeitura realiza ação para reordenamento do centro comercial de Petrolina


Ambulantes em processo de reorganização devem realizar um cadastro junto ao município (Foto: SEDURBS/Divulgação)

A partir de agora, veículos e pessoas vão poder transitar mais facilmente pelo centro comercial de Petrolina, no sertão de Pernambuco. É que a Prefeitura deu início ao processo de reordenamento da região. A primeira ação, é a reorganização dos comerciantes ambulantes, já que alguns trabalham em locais inadequados e que comprometem a mobilidade no local. Por isso, uma operação, que está sendo coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), já atua no remanejamento dos trabalhadores informais. As primeiras vias onde o trabalho já começou a ser feito são a Avenida Souza Filho, na altura da praça do Bambuzinho, a rua Gregório Ramos e a rua da Laranjeira, ambas nas proximidades do Mercado Turístico.

Foi naquela localidade que a Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas da SEDURBS realizou, no último sábado (05), uma operação que autuou e retirou um grupo de ambulantes, que já haviam sido notificados anteriormente. Foram apreendidos três carrinhos, 28 caixas e cerca de 700Kg de frutas e verduras que não possuíam nota fiscal. Toda a mercadoria foi doada para o Centro de Recuperação Evangélico Livres para Servir (CRELPS), instituição que atua no apoio à mulheres em situação de vulnerabilidade social. Para reaver o material de trabalho, estes ambulantes vão ter que se dirigir até a sede da SEDURBS, que fica na Avenida da Integração, 948, no bairro Dom Malan, procurar a Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas e realizar um novo cadastro. Após a análise de dados, caso a documentação esteja de acordo com a legislação, a secretaria vai definir onde e quando eles vão poder voltar a trabalhar.
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Eduardo Carvalho, a organização do comércio informal é fundamental para o desenvolvimento de todo o centro comercial de Petrolina. “A partir da missão que o prefeito Miguel Coelho nos deu, nosso grande objetivo com esta ação de ordenamento é promover o respeito entre os cidadãos, desde o direito à locomoção de pessoas e veículos no centro da cidade, até a garantia dos direitos dos comerciantes formais que pagam seus impostos e honram, muitas vezes, com altos custos para manter seus estabelecimentos funcionando e que têm de conviver com a concorrência, muitas vezes desleal, de ambulantes que se concentram em frente às lojas”, pontua Carvalho.

Um efetivo de 25 pessoas e 13 viaturas, sendo um caminhão, participaram da ação que durante todo o tempo foi pacífica, visando o diálogo e a orientação. A iniciativa teve o apoio da Guarda Civil Municipal, dos fiscais de Postura, e dos agentes da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA). 

Texto: Felipe Pereira - AsCom Prefeitura de Petrolina 


0 comentários:

Postar um comentário