sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Deputado pede combate do Governo do Estado a pichações na Região Metropolitana do Recife


A criação de um programa pelo Governo do Estado para coibir pichações foi cobrada pelo deputado Adalto Santos (PSB), no Pequeno Expediente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta quinta (24). O parlamentar citou as cidades de Olinda e do Recife como locais em que a poluição visual causada pelo vandalismo está mais acentuada.

“Os pichadores não têm poupado nenhum prédio publico, mesmo os tombados. A cidade parece estar entregue a esses maus elementos, que colocam nas paredes frases que não dizem nada, muitas vezes obscenas”, relatou o socialista. Ele pediu que a Secretaria de Defesa Social aumente sua atuação no combate ao problema.

Adalto Santos destacou uma pichação feita na Igreja Presbiteriana da Boa Vista, que teve a frase “Contra a Intolerância” escrita em seu muro. “Quem é o intolerante? Isso não é jeito de se manifestar. Daqui a pouco, essas pessoas podem vir aqui pichar os vidros e muros da Alepe”, advertiu.

Em resposta ao pronunciamento de Santos, o deputado Pastor Cleiton Collins(PP) declarou que “está junto nessa luta, e a Casa não vai se calar diante da situação”. Terezinha Nunes (PSDB) lembrou as iniciativas do prefeito de São Paulo, João Doria, contra as pichações. “Precisamos aprender com o trabalho efetivo que ele tem feito lá, com ações, inclusive, de nossas prefeituras.”



0 comentários:

Postar um comentário