terça-feira, 22 de agosto de 2017

Belém do São Francisco, PE: Polícia troca tiros com criminosos e recupera carro de luxo roubado


Assaltantes suspeitos de participar do recente assalto ao carro forte nas proximidades de Santa Cruz da Baixa Verde trocaram tiros com uma equipe do GATI em Belém do São Francisco na noite de domingo (20). De acordo com a Polícia Militar, o grupo estaria buscando fugir de bloqueios policiais por estradas vicinais da região.

A PM montou bloqueio no povoado de Riacho Pequeno, zona rural de Belém do São Francisco, quando visualizou um veículo Corolla de cor Prata. Ao se aproximar do policiamento, uma mulher ocupante do banco de trás do carro baixou o vidro, sendo visualizada com mais três homens, fato que despertou os policiais para a realização de uma abordagem.

Logo que os ocupantes perceberam a movimentação do policiamento, buscaram fugir por uma rua periférica daquela localidade, sendo acompanhados pela equipe policial, e ao notarem que se tratava de uma via sem saída para a área central, iniciaram o desembarque efetuando diversos disparos de arma de fogo contra os policias. De imediato a PM utilizou a força proporcional para conter a ação delituosa, que colocava em risco a vida do efetivo e a de populares que se faziam presentes na via urbana naquele momento.

Cessado o confronto, os indivíduos fugiram pela caatinga, mas com as diligências no local, os policiais detiveram os quatro suspeitos. Ainda no local foram localizados estojos de cal. 380 deflagrados e uma munição de mesmo calibre intacta e no porta malas do veículo mencionado, várias bolsas contendo objetos pessoais dos ocupantes e duas carteiras porta cédulas, sendo uma pertence a mulher e a outra ao Risomar.

Na Delegacia de Polícia de Floresta, foi verificada a existência de diversas fotos dos foragidos da justiça portando armas (fuzil, espingardas, revólveres), a exibição de veículos roubados, um mulher suspeita portando armas dentro do veículo Corolla, que foi verificado ter alterações no chassis e haver sido roubado na cidade de Parnamirim-PE, além de várias imagens de grande quantidade de dinheiro manchado de tinta de cor vermelha.

Diante de todos os fatos, a imputada foi apresentada na Delegacia de Floresta-PE, juntamente com os materiais apreendidos, e após ser ouvida foi liberada.

Via Blog do Elvis/NE10​


0 comentários:

Postar um comentário