quinta-feira, 6 de julho de 2017

Seja Digital e Visão Mundial instalam gratuitamente kits conversores para moradores de Recife receberem o sinal digital de TV

A ONG iniciou a realização do Projeto Seja Digital, que visa promover o acesso à digitalização de TVs para 9 mil famílias que vivem em comunidades socioeconômicas vulneráveis; O desligamento do sinal analógico da televisão está previsto para acontecer no próximo dia 26 de julho em Recife e nos outros 13 municípios da região metropolitana.

A Visão Mundial, em parceria com a Seja Digital, iniciou essa semana a realização do Projeto Seja Digital, que visa promover o acesso à digitalização de TVs para 9 mil famílias que vivem em comunidades socioeconômicas vulneráveis nas periferias de Recife, Jaboatão, Paulista e Olinda. O objetivo dessa ação é prover instalações gratuitas para famílias beneficiárias de programas sociais do governo federal.

O projeto envolve 10 parceiros distribuídos em regiões pré-determinadas e promove a inclusão digital, sobretudo nas comunidades de baixa renda que possuem altos percentuais de sinal analógico. A proposta é realizar um conjunto de ações por meio de mobilização e engajamento participativo, através da rede de atuação comunitária da ONG.

Em condições de contribuir eficazmente para a inclusão digital, ao longo dos 2 meses de execução da proposta, a Visão Mundial propõe mobilizar a população das classes C2, D e E, presentes nas comunidades mais analógicas dos municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Olinda, através da rede de atuação comunitária, para a recepção do sinal digital de TV aberta, garantindo a aquisição, agendamento e instalação dos equipamentos necessários.

Como objetivos do projeto, a Visão Mundial pretende promover o agendamento para retirada do kit conversor de famílias beneficiárias de programas sociais do governo federal; realizar cadastramento de famílias de baixa renda fora de programas sociais; realizar mutirões de instalação dos kits conversores nos domicílios que receberam e realizar eventos de mobilização comunitária.

Segundo João Helder Diniz, Diretor Executivo da Visão Mundial Brasil, “nós vivemos em um mundo pós-contemporâneo, onde a tecnologia é parte essencial da nossa vida e do nosso dia a dia e sem ela não conseguimos fazer mais nada”, afirma. Para ele, esse é um dos motivos que também gera exclusão: “A pobreza hoje se dá, além da falta de recursos, também pela exclusão digital. Um dos grandes desafios é não deixar ninguém para trás pela exclusão digital, por isso trabalhamos para a inclusão de todos e pelo direto à comunicação, para que essas famílias, principalmente das áreas mais periféricas, possam ter acesso aos mesmos serviços e meios de tecnologia de comunicação que qualquer cidadão tenha. Esse é o nosso compromisso com esse projeto”.

Além das famílias beneficiadas com o sinal digital, acontecerá a capacitação profissional de jovens, para que sejam futuros instaladores em suas comunidades, ou seja, o projeto atua também na geração de renda. A Seja Digital em parceria com a ONG Visão Mundial e o SENAI está realizando cursos profissionalizantes de Antenista. 300 jovens, moradores de comunidades dos municípios prioritários da RMR – Região Metropolitana do Recife, (Olinda, Jaboatão, Paulista e Recife) estão sendo treinados para instalarem antenas e, em troca, prestarem serviço gratuito de instalação nas casas próximas de onde moram.

“Essa é uma parceria que consiste em divulgar o processo de digitalização, sensibilizado as famílias que têm o perfil, para que acessem gratuitamente os kits conversores (agendamento) e incentivando a instalação (instalando) para que assim elas não deixem de assistir suas programações favoritas”, comenta Rafaela Pontes, líder de articulação e mobilização da Seja Digital na RMR.

“Os participantes são pessoas indicadas pelos parceiros da Visão Mundial, que moram na periferia da Região metropolitana do Recife e muitos, e que são de famílias beneficiadas pelos programas governamentais (Bolsa família, Pronatec, entre outros). O curso consiste em dez turmas de trinta alunos e será encerrada agora em julho”, comenta Renata Cavalcanti, gerente de projetos especiais.

As aulas tiveram início no dia 19 de junho e a segunda turma estará formada neste sábado, 1º de julho, já prontas para irem às ruas. “Eu não tinha noção nenhuma de como fazer uma instalação de antena externa, mas as aulas foram muito boas e eu aprendi bastante. Aproveitei e assisti alguns vídeos online para pegar outras dicas e começar a fazer as instalações, já que a demanda está bem grande”, comenta Rogério Miciano, de 29 anos, que fez parte da primeira turma formada.

O desligamento do sinal analógico da televisão está previsto para acontecer no próximo dia 26 de julho na cidade do Recife e nos outros 13 municípios da região metropolitana: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão do Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata.

SERVIÇO:
Até 4500 instalações gratuitas para famílias beneficiárias de programas sociais do governo federal;
Data: agendamentos até o dia 21 de julho;
Telefone: (81) 3081-5668

Sobre a Visão Mundial

Maior ONG humanitária do mundo, a Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975 em 10 estados, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania. Seus projetos e programas têm como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Mais de 80 mil crianças são atendidas anualmente pela organização. Nesses 40 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a superação da pobreza e da exclusão social - visaomundial.org.br

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

JB Press House


0 comentários:

Postar um comentário