terça-feira, 18 de julho de 2017

Polícia prende homem acusado de aliciar jovens para jogar Baleia Azul


Policiais civis prenderam hoje (18) um homem de 23 anos, acusado de aliciar crianças e adolescentes para o desafio da Baleia Azul. Ele foi preso em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense e, segundo a Polícia Civil, confessou ter cooptado cerca de 30 vítimas para o jogo, que incita ao suicídio.

Além do mandado de prisão contra o homem, policiais cumprem 24 mandados de busca e apreensão em nove estados. Segundo a Polícia Civil, o homem abordava as vítimas nas redes sociais e apresentava 50 desafios, incluindo automutilação e, por fim, o suicídio.

Para garantir que as vítimas permanecessem no jogo, o homem fazia ameaças de morte a elas e a membros de sua família. A Delegacia de Repressão a Crimes de Informática da Polícia Civil do Rio começou a monitorar as redes sociais e encaminhou ofícios a escolas e postos de saúde para que fossem reportados casos de automutilação envolvendo menores de idade.

Foram encontradas 15 vítimas, todas com ferimentos e em estado de depressão. Nenhum caso de suicídio foi registrado.

A operação, chamada Aquarius, tem coordanação da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Polícia Civil fluminense. O jogo Baleia Azul é praticado em comunidades fechadas de redes sociais como Facebook e Whatsapp.


0 comentários:

Postar um comentário