sábado, 29 de julho de 2017

Petrolândia: ''O pior cego também é aquele que não pensa'' por Fernando Batista


Sabem o adágio popular "o pior cego é aquele que não quer enxergar"? Pois é, vem carregado de muitas verdades. A condição humana padece, toda ela, de alguma cegueira. Umas corrigíveis e curáveis; outras incuráveis, diagnosticadas a partir de preconceitos estúpidos advindos de pessoas estúpidas igualmente. Cego também é aquele que não se enxerga, que não é capaz de perceber que o mundo não gira em torno de si próprio. Nestes casos, lentes corretivas podem ajudar e são facilmente encontradas. Os óculos da ética, do respeito, da tolerância e do bom senso são sempre bem vindos.

Feche os olhos por um instante. Qual a sensação? Sem dúvidas, angustiante. Não perca nem se perca de vista. Não deixe que se percam na escuridão aqueles que são seus. Abra bem seus olhos! Veja aonde e com quem seus filhos estão indo. Enxergue sua família e não deixe que a faixa da rotina ou do trabalho turve sua visão. Se deleite nas pequenas coisas do dia -a - dia. Deste modo uma lente de aumento estará à seu dispor .

Se tivesse o "olho de tandera" , aquele que dá a visão além do alcance? De nada adiantaria se nosso olhar não alcançar o outro, se não perceber os detalhes, os olhares de amores e de dores, de liberdade e de socorro , afinal a íris fala o que as palavras muitas vezes consegue esconder.

Ao olhar nos olhos podemos prever, antecipar e prolongar. Cada um desses verbos podem ser conjugados conforme O jeito de olhar. Já dizia Mário Quintana : "Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma explicação ". O pior cego é também aquele que não pensa. Pense nisso e amplie sua visão de si, dos outros e do mundo.

Fernando Batista

Relacionadas

Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário