sexta-feira, 21 de julho de 2017

Petrolândia: Município tem proposta de projeto em análise no Ministério do Esporte


O Diário Oficial da União, edição desta sexta-feira (21), traz  publicação da validação das propostas referentes ao Programa Segundo Tempo Paradesporto. Projeto apresentado por Petrolândia está entre as propostas a serem analisadas pela Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, do Ministério do Esporte (ME), para fins de admissão.

O Programa Segundo Tempo Paradesporto (PST–Paradesporto) é um espaço universal no qual todos os beneficiados participam das práticas corporais, em ambientes diversificados e com desenvolvimento de trabalhos pedagógicos direcionados. As práticas corporais, em níveis variados, têm ajudado as crianças, adolescentes, jovens e adultos com deficiência a adquirirem, além de autonomia e independência, o resgate da autoestima, autoconfiança, relações pessoais e equilíbrio emocional. Segundo o ME, mesmo aqueles com grande dificuldade motora e intelectual podem realizar as atividades do PST-Paradesporto, sob a orientação de professores capacitados. 

Como parte do processo educacional, o esporte é preceituado pela Lei nº 9.615/98, que versa sobre essa prática nos sistemas de ensino e em formas assistemáticas de Educação, evitando-se a seletividade e a hipercompetitividade de seus praticantes, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo, a sua formação para a cidadania e para a prática do lazer. Os princípios socioeducativos do desporto educacional se fundamentam nos seguintes pilares: princípio da inclusão; princípio da participação; princípio da cooperação; princípio da coeducação; e princípio da corresponsabilidade.

O ME enfatiza que o esporte é reconhecido como fenômeno sociocultural por meio do artigo 217 da Constituição Federal, é “direito de todos” e “dever do Estado”, tendo no jogo o seu vínculo cultural e na competição o seu elemento essencial e, portanto, deve contribuir para a formação e aproximação dos seres humanos ao reforçar o desenvolvimento de valores como moral, ética, solidariedade, fraternidade e cooperação. 

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: D.O.U. 21/07/2017 e Ministério do Esporte


0 comentários:

Postar um comentário