sexta-feira, 21 de julho de 2017

Concrete Show South America 2017: Sistemas construtivos permitem “mais em menos tempo”


Destaque para as paredes de concreto, que ocupam cerca de 50% das obras do Programa Minha Casa, Minha Vida. Esta e outras tendências potencializam o setor com métodos construtivos que garantem ganhos na produtividade, diminuição nos prazos e sustentabilidade sem perder a qualidade.

O boom imobiliário e o fervor na habitação popular com o Programa Minha Casa, Minha Vida vividos pelo setor da construção civil entre 2010 e 2014 impulsionou o aprimoramento dos sistemas construtivos no País. Com prazos para a execução de obras menores e a preocupação crescente com os impactos ambientais, as empresas começaram a buscar, cada vez mais, novas técnicas para construir. Hoje, com a desaceleração da atividade construtiva em razão da crise, o desafio é maior, mas segundo especialistas, o potencial também.

De acordo com o diretor de comunicação da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Eng. MSc. Hugo Rodrigues, entre as tendências mais atuais em sistemas construtivos à base de concreto para a habitação e obras de infraestrutura os destaques ficam por conta da parede de concreto e o pavimento permeável. O processo rápido para produção em larga escala e em curto prazo faz da parede de concreto, por exemplo, uma alternativa eficiente para a execução de unidades habitacionais populares.


A parede de concreto é moldada in loco com o uso de fôrmas - metálicas, plásticas ou alumínio - montadas de acordo com o projeto estrutural e preenchidas com concreto. Após o endurecimento do concreto as fôrmas são retiradas. “A parede de concreto detém aspectos como reciclabilidade e durabilidade, e ainda traz ganhos na produtividade pela agilidade na execução que já incorpora subsistemas como o elétrico, hidráulico, caixilharia e outros, durante o processo construtivo”, afirma Rodrigues.

Segundo o diretor de comunicação da ABCP, atualmente as paredes de concreto ocupam cerca de 50% das obras do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV). O que é uma boa notícia para as construtoras adeptas ao sistema construtivo, já que no último mês o governo federal anunciou a continuidade do programa MCMV com o investimento previsto de R$2,1 bilhões para projetos em 77 municípios.

Já o pavimento permeável é um sistema sustentável que auxilia no combate às enchentes e alagamentos, uma vez que permite a infiltração da água no solo. São constituídos por peças permeáveis drenantes de concreto poroso e/ou peças intertravadas de juntas alargadas em concreto. “Tanto as paredes de concreto quanto o pavimento permeável são técnicas que apesar de recentes no Brasil, já são muito utilizados no exterior”, afirma o Rodrigues.

Tendências - A modernização e industrialização dos sistemas construtivos, que passa pela evolução do concreto, será amplamente debatida no principal encontro de profissionais deste setor, o Concrete Show. De acordo com consultor da Associação Brasileira de Empresas de Serviços de Concretagem (ABESC), Arcindo Vaquero Y Mayor, o esforço das empresas de concretagem é trabalhar para aperfeiçoar o uso do concreto como um todo.

“Um exemplo é o cimento que cada vez gera menos gases de efeito estufa em função de sua composição e geração de energia via co-processamento. A frota dos associados da ABESC também vem sendo renovada com motores mais eficientes e silenciosos (EURO 5) e equipada com rastreadores que otimizam o percurso até as obras”, afirma.

Outra tendência que segue a ideia de impulsionar o setor para o ganho de produtividade é o concreto auto-adensável empregado tanto em pré-moldados como em pré-fabricados, para as aplicações de concreto no local. “Esse tipo de concreto é mais fluído e tem a aplicação mais rápida e silenciosa, uma vez que não necessita ser adensado com vibrador. Também contribui - se bem dosado - para evitar futuras patologias como as fissuras e trincas”, ressalta o consultor da ABESC.

Pensando na fabricação do cimento, a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) em parceria com outras entidades nacionais e internacionais deve concluir ainda em 2017 o Mapeamento Tecnológico do Cimento. “É uma iniciativa para indicar os potenciais avanços tecnológicos a longo prazo capazes de reduzir emissões de carbono, considerando eficiência energética, combustíveis alternativos, adições ao clínquer e captura de carbono. É uma contribuição para identificar ações que a indústria de cimento poderá adotar com a finalidade de acelerar o progresso do desenvolvimento sustentável”, conclui Rodrigues.

Representantes das associações ABCP e ABESC estarão na 11ª edição do Concrete Show South America, que acontece de 23 a 25 de agosto no São Paulo Expo, ministrando seminários direcionados para atualização de profissionais que atuam na construção civil. Os seminários que fazem parte do Concrete Congress, realizado em paralelo à feira de negócios, irão abordar temas como: “Paredes de Concreto” (organizado pela ABESC) e “Aplicações Práticas no Desempenho das Edificações” (organizado pela ABCP), entre outros.

As informações sobre a grade de conteúdo, horários e valores de investimento estão disponíveis no site do evento:http://www.concreteshow.com.br/pt/component/jbusinessdirectory/conferences

Serviço: Concrete Show South America 2017
Data: 23 a 25 de agosto
Local: São Paulo Expo - Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 - São Paulo (SP)
Horário da Exposição: 23 de agosto das 13h às 20h / 24 e 25 de agosto das 10h às 20h

Sobre o Concrete Show South America - Único evento na América Latina a reunir toda a cadeia produtiva do concreto, o Concrete Show South America chega em 2017 a sua 11ª edição. Anualmente, reúne marcas expositoras com soluções de mais de 40 segmentos, desde equipamentos para terraplenagem, canteiros de obras e projetos estruturais, até tecnologias de ponta para a cadeia produtiva do concreto, serviços e acabamento, visando sempre o aumento da produtividade, eficiência e redução de custos. Reconhecido como um dos mais importantes pontos de encontro da construção civil, a feira oferece oportunidades únicas de networking, experimentação de produtos, efetivação de negócios e um programa de conteúdo com conferências, seminários e cursos focados nos temas mais atuais do setor.

Sobre a UBM Brazil - A UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Seu profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que atende lhe permite criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em seus eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios. Seus mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendem mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil, atua nos segmentos da saúde, logística, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Essa rede de relacionamento global, especializada, pessoas apaixonadas e líderes de eventos oferecem oportunidades únicas para que os empresários alcancem suas ambições.

Assessoria de Imprensa – Concrete Show South America
Conteúdo Empresarial – Comunicação Integrada


0 comentários:

Postar um comentário