quinta-feira, 13 de julho de 2017

Bando tenta arrombar posto bancário no Grande Recife e atira em viaturas e na sede da PM

Viatura da PM foi atingida por vários tiros (Foto: Whatsapp/TV Globo)
 

Bandidos tentaram arrombar um caixa eletrônico de um posto de serviço do Bradesco localizado em Araçoiaba, no Grande Recife, na madrugada desta quinta-feira (13). Na ação, os assaltantes atiraram em uma casa vizinha, onde funciona um núcleo da Polícia Militar, e destruíram duas viaturas da corporação. Segundo a PM, eles não conseguiram levar dinheiro e não houve feridos.

De acordo com o 17º Batalhão da PM, a ação aconteceu às 2h. Os oito homens levaram maçaricos e pé-de-cabra para abrir o terminal de autoatendimento. Quando eles estavam se preparando para executar o crime, os PMs, que estavam no imóvel vizinho, perceberam uma movimentação diferente.


Os policiais de Araçoiaba, então, solicitaram reforço aos integrantes do 17º Batalhão. Com a ação frustrada, os ladrões escaparam. Segundo a polícia, na fuga, foram disparados vários tiros de grosso calibre em carros e nos prédio da corporação. Imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo mostram a lataria e os vidros de um dos carros com várias perfurações.

A PM informou, ainda, que deflagrou uma ação para tentar capturar os suspeitos. Até as 6h, ninguém tinha sido preso.

Caso recente

Na madrugada de terça-feira (11), bandidos explodiram caixas eletrônicos de uma agência do Bradesco em Bom Jardim, no Agreste de Pernambuco, distante 104 quilômetros do Recife. De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes fizeram reféns, efetuaram vários disparos de armas de fogo de grosso calibre e colocaram grampos nas ruas da área para dificultar a ação policial. A PM não revelou a quantia levada.

Horas depois da investida, policiais do esquadrão antibomba do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Pernambuco desativaram uma bomba deixada por bandidos. Mesmo sem poder gravar entrevista, o efetivo confirmou que o artefato é usado para explodir pedreiras.

G1 PE


0 comentários:

Postar um comentário