domingo, 4 de junho de 2017

Peixamento com surubim e pirá no Velho Chico marca Semana do Meio Ambiente em Penedo (AL)

As comemorações incluem também passeata, análise da qualidade da água do rio, trilha ambiental, ecogincana, plantio de mudas e aula de educação ambiental em um barco-escola (Foto: Divulgação)

Um peixamento para inserir espécies nativas do Velho Chico como o surubim – praticamente desaparecida das águas da região do Baixo São Francisco – e o pirá – peixe-símbolo do rio – será o destaque da Semana do Meio Ambiente da cidade histórica de Penedo, em Alagoas. A ação de repovoamento é da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A programação do evento, que acontece de 5 a 9 de junho, inclui ainda passeata, análise da qualidade da água do rio, trilha ambiental, ecogincana, plantio de mudas e aula de educação ambiental em um barco-escola.

A abertura das atividades ocorre na segunda (5), às 8h, com uma passeata pelas ruas de Penedo em defesa do São Francisco, com final na orla fluvial. Em seguida, professores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) realizarão análise da qualidade da água do rio por meio do Projeto Observando Rios.
Às 10h, a Codevasf realizará o peixamento com espécies nativas, a exemplo do surubim, cuja tecnologia de reprodução artificial foi aprimorada recentemente pelos técnicos da Companhia que atuam no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Itiúba. Com essa ação, também serão introduzidos alevinos de pirá, peixe símbolo da bacia hidrográfica e extinto da região; este é o segundo peixamento realizado com a espécie após o sucesso na reprodução artificial.

Na terça (6) e na quarta-feira (7), às 8h, a programação prevê a realização de trilhas ambientais e de plantio de mudas de espécies nativas na Área de Proteção Ambiental (APA) da Marituba do Peixe, localizada entre os municípios alagoanos de Piaçabuçu, Penedo, Feliz Deserto e Coruripe e conhecida como “Pantanal Alagoano”, um importante berçário para espécies nativas do São Francisco.

Já na quinta-feira (8), também às 8h, será realizada, no auditório do campus Penedo do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), a apresentação dos trabalhos desenvolvidos na Ecogincana da APA da Marituba do Peixe, com a participação de estudantes da região.

Finalmente, na sexta-feira (9), a programação será encerrada com gincana do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL), plantio de mudas nativas, apresentação cultural do Grupo Caçuá de Piaçabuçu (AL), cantando lendas e histórias do rio São Francisco, e premiação aos vencedores da Ecogincana. As atividades de encerramento ocorrem às 8h, no Complexo Educacional e Esportivo Governador Moacir Andrade, antigo Ginásio do Sesi em Penedo.

A Semana do Meio Ambiente de Penedo é realizada com o apoio de diversas instituições: Codevasf, IMA/AL, Ifal, Ufal, Prefeitura Municipal de Penedo, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Santa Casa de Misericórdia de Penedo, Sindicato dos Servidores Públicos do Poder Executivo Municipal de Penedo (Sindspem), Marinha do Brasil e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

“É muito importante essa ação de revitalização e essa iniciativa conjunta que dá visibilidade ao trabalho de tantas instituições. Essa ação de peixamentos está totalmente alinhada com tudo que será discutido no Fórum Mundial da Água que vai acontecer em março de 2018, em Brasília. Pela primeira vez, o Fórum será no Hemisfério Sul e é uma oportunidade ímpar para mostrarmos como somos proativos nessa área de revitalização dos rios e preservação de ecossistemas nas bacias do São Francisco, entre outras de nossa área de atuação”, afirma Inaldo Guerra, diretor da Área de Revitalização da Codevasf.

Para mais informações sobre as atividades da Semana do Meio Ambiente em Penedo, os interessados podem entrar em contato com a Unidade Regional de Meio Ambiente da Codevasf em Alagoas pelo telefone (82) 3551-9423.


Codevasf


0 comentários:

Postar um comentário