terça-feira, 27 de junho de 2017

Governo de Pernambuco inicia mapeamento e elaboração de corredores ecológicos na Área de Proteção Ambiental Aldeia-Beberibe

Foto: CPRH/Divulgação

A Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) através da Executiva de Recursos Hídricos e do Programa de Sustentabilidade Hídrica de Pernambuco (PSHPE) assinou na última quarta-feira (21) a ordem de serviço do mapeamento e elaboração de estratégias de implantação dos Corredores Ecológicos da Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia-Beberibe, concebido através de uma parceria firmada com a CPRH com objetivo de fortalecer o Sistema Estadual de Unidades de Conservação.

O projeto será executado em 12 meses pela NBL Engenharia Ambiental Eireli – EPP com investimento de R$ 843.489,84 financiado pelo Banco Mundial e serão realizadas atividades de mapeamento e indicação, mediante critérios técnicos e científicos, de áreas propícias para o estabelecimento de corredores ecológicos, bem como o delineamento das estratégias de implantação desses corredores na APA. O documento foi assinado pelo secretário de Recursos Hídricos, Mário Cavalcanti, o diretor Thiago Brito (DRFB) e a pela gestora da APA, Cinthia Lima (CPRH).
Criada através do Decreto Estadual 34.692, em 17 de março de 2010 ocupando uma área de 31.634 ha. A criação da Unidade de Conservação (UC) Apa Aldeia-Beberibe ocorreu em função da necessidade de se promover a conservação e o uso sustentável dos ecossistemas de Mata Atlântica e proteger áreas de nascentes dos rios que formam bacias litorâneas do Estado de Pernambuco.

A região da APA engloba 20% da Mata Atlântica remanescente no estado de Pernambuco, abrangendo cerca de 220 fragmentos florestais, dentre eles, o maior fragmento de floresta Atlântica (cerca de 8.000 ha).

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH
www.cprh.pe.gov.br


0 comentários:

Postar um comentário