terça-feira, 16 de maio de 2017

Teresa Leitão alerta para problemas na distribuição de medicamentos pelo governo de PE

“O que mais me tocou foi o depoimento de uma criança com diabetes que pediu doses de insulina como presente de aniversário”, declarou a deputada (Foto: Rinaldo Marques)

Falhas na distribuição de medicamentos sob responsabilidade do Governo do Estado – apontadas em matéria jornalística veiculada no último fim de semana – motivaram o discurso da deputada Teresa Leitão (PT) na Reunião Plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira (15). A parlamentar alertou para o risco da expansão de doenças já controladas no País, como sífilis e tuberculose, em função da descontinuidade dos tratamentos.

“O que mais me tocou foi o depoimento de uma criança com diabetes que pediu, como presente de aniversário, doses de insulina”, mencionou. Teresa citou, ainda, o caso de uma servidora da Assembleia que, mesmo com decisão judicial, não consegue ter acesso aos medicamentos de uso contínuo para tratamento da mesma doença.

Segundo a petista, tais problemas já haviam sido verificados pela Comissão Especial de Combate ao HIV/Aids, Tuberculose e Hepatites, que funcionou na Casa entre os anos de 2015 e 2016. “O que foi evidenciado pelo relatório do colegiado não está merecendo a devida atenção do Estado. Portanto, vou requerer à Comissão de Saúde a realização de um debate sobre o tema”, informou.

Alepe


0 comentários:

Postar um comentário