sexta-feira, 19 de maio de 2017

PE: Professora morre após se assustar com bomba de São João lançada por estudante em pátio de escola

Professora do Pré II, Josefa Jaqueline tentou proteger criança de cinco anos de uma bomba de São João, lançada por aluno que passava em um ônibus escolar (Foto: Reprodução/Facebook)

A professora Josefa Jaqueline Silva dos Santos, 40 anos de idade, morreu na manhã dessa quinta-feira (18), no Hospital da Restauração, no Recife, onde estava internada desde a última terça-feira (16), após se assustar com a explosão de uma bomba de São João, no pátio de uma escola, em Carpina.

O incidente aconteceu na Escola Municipal São Joaquim, na comunidade de Caraíba Torta, zona rural do município de Carpina. quando um jovem de 16 anos, enquanto passava em um ônibus escolar em frente ao colégio, jogou o artefato em direção a um grupo de alunos que estava no pátio da unidade de ensino. A professora tentou proteger uma aluna de cinco anos. 

Com o impacto da explosão, ela passou mal e foi levada em estado grave para a Unidade Mista de Saúde de Carpina e, em seguida, transferida para o Hospital da Restauração, no Recife. 

De acordo com irmã da vítima, o susto teve como consequência uma alteração na pressão arterial e aneurisma cerebral. A professora faleceu na manhã dessa quinta-feira (18). 

A secretária de Educação, Turismo, Cultura e Esportes de Carpina, professora Milca Maria, informou que Josefa Jaqueline atuava há 13 anos no Magistério, ensinava crianças na modalidade da Educação Infantil Pré II e era uma pessoa querida entre os alunos, pais e colegas de trabalho. 

O corpo da professora será sepultado às 16h00 desta sexta (19), no Cemitério São Sebastião, em Carpina.

O caso foi registrado no Conselho Tutelar e também na Delegacia de Polícia Civil de Carpina. 

Ramos Silva/Rádio Jornal


0 comentários:

Postar um comentário