sexta-feira, 19 de maio de 2017

Jatobá: Projeto Pequeno Embondeiro pede apoio para adquirir uniformes para crianças atendidas

Grupo Embondeiro e os pequenos embondeiros


No último mês de março, o Grupo Embondeiro Capoeira, existente há três anos em Jatobá, no Sertão de Pernambuco, iniciou o Projeto Pequeno Embondeiro, com aulas para crianças e adolescentes daquela cidade. O projeto é organizado por William Silva (Graduado Moikanno), sob supervisão de Mestre Cabeça. 

O projeto, desenvolvido no Centro de Atividades Econômicas (CAE), espaço cedido pela Prefeitura de Jatobá, atende dezenas de crianças, mas, segundo informações de William Silva, no momento falta apoio financeiro para a aquisição de uniformes para os alunos e alunas de capoeira. 

O uniforme do Embondeiro é formado por camiseta branca e calça branca com pernas largas, modelo tradicional da capoeira. Além de construir a identidade dos alunos com a atividade, o uso dos uniformes dá mais liberdade aos alunos e alunas na aprendizagem dos movimentos da capoeira, às vezes limitados por shorts ou bermudas. A maioria dos pais não tem condições de comprar o uniforme para os filhos. 

Graduado Moikanno, em nome do Projeto Pequeno Embondeiro, solicita apoio ao projeto que tem como objetivo difundir a prática da arte marcial brasileira e seus ensinamentos de respeito e ética, proporcionando às novas gerações assumir a herança cultural de seus antepassados. 

Mais informações com William Silva no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100008949558036

Mestre Cabeça com uniforme do Embondeiro Capoeira
Aula inaugural do Projeto Pequeno Embondeiro no CAE-Jatobá

Fotos: William Silva/Grupo Embondeiro Capoeira Jatobá


0 comentários:

Postar um comentário