segunda-feira, 15 de maio de 2017

Canal do Xingó levará água do rio São Francisco a municípios da Bahia e Sergipe


O Canal do Xingó, que vai levar água do Rio São Francisco a cerca de 70 mil moradores de quatro municípios da Bahia e de Sergipe, começa a virar realidade. Em um mês e meio, no dia 29 de junho, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), vinculada ao Ministério da Integração Nacional, vai anunciar a empresa responsável pela elaboração do projeto básico da primeira fase do Canal do Xingó.

O projeto orientará a construção dos primeiros 114,5 quilômetros do canal, composto por túnel, aquedutos, barragens, estruturas de controle, pontes e passarelas. A captação da água do rio São Francisco será realizada no reservatório de Paulo Afonso (BA). De lá, a água corre pelo município de Paulo Afonso e passa por Santa Brígida (BA) e Canindé do São Francisco (SE) até chegar ao reservatório R-5, no município de Poço Redondo (SE).

A ação faz parte do conjunto de medidas do Governo Federal para garantir abastecimento à população que vive nas regiões que sofrem com a seca prolongada e garantir condições de desenvolvimento econômico regional. O investimento da União estimado na elaboração do Projeto é de R$ 14,7 milhões. A execução da primeira etapa tem previsão de investimento de R$ 871 milhões.

As três etapas seguintes do empreendimento ampliarão o abastecimento aos municípios sergipanos de Porto da Folha, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória, completando 290 quilômetros de extensão do empreendimento. Mais de 142 mil pessoas serão beneficiadas na região.

Os recursos para o ano de 2017 foram viabilizados por meio da inclusão, na Secretaria de Orçamento Federal (SOF), de movimentação orçamentária em favor da Codevasf, iniciativa da bancada federal de Sergipe que teve o apoio do Ministério da Integração Nacional.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Codevasf


0 comentários:

Postar um comentário