segunda-feira, 17 de abril de 2017

Integrantes do MST protestam no Incra e seguem em passeata até a Alepe

Integrantes do MST protestam no Incra e seguem em passeata até a Alepe. Foto: Reprodução/ WhatsApp

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) de Pernambuco se reúnem na manhã desta segunda-feira (17) em um protesto na sede do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra), no Recife. Em todo o país, integrantes do movimento protestam contra a Medida Provisória 759 que altera a legislação fundiária e os procedimentos para a efetivação da Reforma Agrária no Brasil.

Da sede do Incra, na Avenida Rosa e Silva, bairro dos Aflitos, os manifestantes seguirão em passeata até a Assembléia Legislativa de Pernambuco, na Rua da União, centro da cidade, onde será realizada uma audiência pública. Agentes e orientadores da Companhia de Trânsito e Transportes (CTTU) acompanham a mobilização, que deixa o tráfego complicado.

À tarde será realizado um grande ato com a participação de integrantes da Federação dos Trabalhadores em Agricultura de Pernambuco (Fetape). Hoje é o dia internacional de luta camponesa. Há vinte e um anos acontecia o Massacre de El Dourado dos Carajás. Para os sem terra, este ano, a data ganha mais um significado. Ontem fez um ano do afasamento da presidente Dilma Roussef pela Câmara dos Deputados.

Também nesta segunda-feira começam as mobilizações da IV Jornada Universitária em defesa da Reforma Agrária, que começa quarta-feira na Faculdade de Direito do Recife, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), organizada pelo grupo Najup - Direito nas Ruas.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário