segunda-feira, 17 de abril de 2017

Em ato histórico, Prefeitura de Petrolina quita dívidas de pronafianos e tira 312 trabalhadores rurais do negativo

Foto: Ivaldo Reges

Depois de vários anos de espera, 312 produtores rurais de Petrolina estão livres de dívidas que somam mais de R$ 1 milhão. O prefeito Miguel Coelho assinou um termo para liquidar os débitos desses agricultores que tinham pendências desde a década passada junto ao Banco do Nordeste. O ato ocorreu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais nesta segunda-feira (17) diante de dezenas de produtores da capital sertaneja.

O benefício é destinado aos trabalhadores enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), nas faixas A, B, C, D e Semiárido. Ou seja, são trabalhadores de baixa renda que acumulavam dívidas contraídas até o ano de 2006, de no máximo R$ 15 mil. "Não era justo que pessoas com uma parcela de R$ 38 continuassem com o nome sujo, sem poder fazer novos investimentos. Então, são ações como essas que mostram como a prefeitura pode melhorar a vida das pessoas", explicou o prefeito Miguel Coelho.

A gestão municipal investirá cerca de R$ 75 mil para zerar as dívidas dos 312 produtores, já que o BNB concedeu um desconto de até 95% no total dos débitos. Imediatamente após os agricultores assinarem o termo de compromisso, estarão aptos aptos a obter novos financiamentos no Banco do Nordeste, movimentando a economia dos pequenos produtores.

O gerente regional do BNB, Tomé Neto, parabenizou o prefeito pela iniciativa pioneira e informou que o banco fará visitas aos produtores que não puderam participar do evento para quitar as dívidas. "Petrolina é a primeira cidade a fazer este tipo de ação beneficiando os produtores. É uma atitude pioneira que já está sendo copiada não só aqui em Pernambuco como em outros estados do Nordeste."

Assessoria de Imprensa do prefeito Miguel Coelho


0 comentários:

Postar um comentário