terça-feira, 18 de abril de 2017

Policial militar é preso suspeito de assassinar adolescente de 17 anos em Parnamirim, Sertão de PE

Katarine Ferreira tinha 17 anos e tinha ido a uma festa com amigos na noite do sábado

Foi preso nesta terça-feira (18), o policial militar da Bahia, de 23 anos, suspeito de assassinar Katarine Ferreira, de 17 anos, durante uma confraternização no dia 1º de Abril em Parnamirim, no Sertão de Pernambuco. Ele estava foragido e se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Salgueiro. O suspeito passou por interrogatório e teve voz de prisão em virtude do mandato que já havia sido expedito pelo juiz da cidade.

Segundo o delegado de Polícia Civil de Salgueiro, Alex Sá, o policial alegou que o disparo foi acidental. “Ele estaria dançando com a menina, e, que durante essa dança, a menina teria batido na arma dele duas ou três vezes, e, ele acreditando que essa arma poderia disparar de forma acidental, teria pego nessa arma para travá-la. E durante esse manuseio, teria ocorrido o disparo acidental”, relata.

Ainda segundo o delegado, o militar afirma que durante a noite inteira só teria bebido uma dose e parte de uma outra dose de uísque.

O Policial militar foi encaminhado para a unidade reeducadora do Estado da Bahia em Salvador e se for condenado, pode pegar uma pena entre 12 e 30 anos pelo crime de homicídio qualificado.

O Crime
katarine ferreira, de 17 anos, foi assassinada às 4h30, do último sábado (1º), na Rua Luiz Gonzaga do Nascimento, no bairro Cohab. De acordo com familiares, ela saiu de uma festa e seguiu com amigos para se confraternizar, até que uma amiga teria sido assediada pelo policial e adolescente agiu em defesa. Sem aceitar a rejeição, o policial teria puxado a arma e disparado o tiro que tirou a vida de Katerine.

G1 Caruaru


0 comentários:

Postar um comentário