sexta-feira, 21 de abril de 2017

Cuidado: Médicos em falta com o fisco podem ter multa de 20%

É possível o envio de informações como nota fiscal, despesas realizadas e recibos emitidos! (Foto: Max Pixel)

Não dá para deixar de efetuar o pagamento de impostos, uma obrigação com alto grau de importância que deve ser encarada de maneira séria e organizada por parte de todos os médicos. Deixar de pagar ou não declarar um imposto seguramente trará consequências nada agradáveis.

A punição para médicos que não tenham a contabilidade em dia é pesada: multa de até 20% mais SELIC nos pagamentos de impostos que deveriam ter sido feitos.

Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil, ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs, explica que também é possível declarar anualmente, porém esta prática acaba não sendo vantajosa uma vez que o trabalho é bem maior para o médico que precisará lançar de uma vez todos os recibos emitidos ao longo do ano - e de maneira individual.

O presidente do Contabfácil explica que a melhor alternativa para médicos é realizar estes lançamentos mensalmente, evitando possíveis esquecimentos ou desencontros de informações.

Notas para pacientes


Outro detalhe que obriga os médicos a manterem a sua contabilidade em dia são os famosos recibos médicos - e estes profissionais acabam perdendo muito quando não os fornecem estes para seus pacientes, pois são utilizados na declaração anual de imposto de renda.

Por isso Marcos Rodrigues recomenda o uso de ferramentas online que permitam esta organização, como o Contabfácil:

"Para os médicos é a melhor solução quando se trata de organizar as suas notas fiscais. O sistema possibilita a emissão automática dos recibos em formato que permite a dedutibilidade no Imposto de Renda do cliente. Quanto mais fácil este processo, melhor para todos os lados. No sistema Contabfácil, por exemplo, o médico emite o sistema diretamente no computador e este vai automaticamente para sua contabilidade" conclui.

Em falta com o leão


A punição para os médicos que não declaram suas notas de maneira adequada pode ser agravada quando há uma fiscalização mais atuante. Além da já mencionada multa que pode chegar aos 20% com juros atualizados pela SELIC, a punição pode chegar a um percentual bem mais elevado quando a receita entender que houve sonegação.

Nestes casos de autuação com as multas por omissão ou erro nas declarações, Marcos Rodrigues lembra que a multa pode chegar até a 150% do valor devido, além da multa e juros de mora.

Sobre o Contabfácil


Localizada em São Paulo, o Contabfácil está presente em todo o território nacional levando agilidade, praticidade e economia nas questões contábeis de quem está enquadrado no Simples Nacional, de quem é médico ou microempreendedor individual. A ferramenta foi desenvolvida para desburocratizar o cotidiano contábil de quem está enquadrado nestas categorias.

Acesse o Contabfácil sem custos por um mês e faça o teste. Para mais informações acesse www.contabfacil.com.br

KAKOI Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário