sábado, 15 de abril de 2017

Auxiliar de enfermagem de 28 anos morre após levar choque ao fazer chapinha em Olinda (PE)


Uma auxiliar de enfermagem de 28 anos morreu ao levar um choque elétrico, enquanto passava chapinha nos cabelos, na cidade Tabajara, Olinda (PE), na noite de quinta-feira (13). Maria Kamylla Santana da Silva foi encontrada por parentes, desmaiada em seu quarto, com o objeto na mão. Eles a levaram ao pronto-socorro, mas Maria não resistiu à forte descarga elétrica.

O aparelho estava com um fio descascado, o que teria causado o intenso choque na mulher. Maria tinha dois filhos. O corpo foi sepultado nesta sexta-feira (14/4), segundo informações do Diário de Pernambuco.

Segundo a última pesquisa sobre número de vítimas fatais de choques elétricos, divulgada pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), 590 pessoas morreram no Brasil em decorrência desse fato em 2016.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário