terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Cabo da PM de PE não resiste a acidente e morre na UPA em Palmeira dos Índios (AL)


Morreu na tarde desta segunda-feira (13), após um grave acidente em Palmeira dos Índios/AL, o Cabo da Polícia Militar de Pernambuco, Carlos José da Silva, de 45 anos.

Índio Cigano, como ele era popularmente conhecido, chegou a ser socorrido consciente para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Palmeira dos índios, onde de acordo com informações teve uma hemorragia interna, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O acidente aconteceu no início da tarde de na BR-316, veio a óbito no local o médico Marcelo Jatobá, ele assim como o Cabo índio ficaram presos nas ferragens. O PM conduzia um Polo enquanto o médico um Siena. C. Silva, nome de guerra do policial, era lotado no 9º Batalhão de Garanhuns e destacava em Saloá onde também exercia a função de chefe da Guarda Municipal.


O corpos foram levados para o Instituto de Medicina Legal.

Via Blog Agreste Violento


0 comentários:

Postar um comentário