terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Ave ameaçada de extinção é resgatada em ação na mata Gurjaú

Ação fez parte de um curso de Fiscalização em Unidade de Conservação, promovido pela CPRH, Cipoma e prefeituras do Cabo, Jaboatão e Moreno (Foto: Divulgação/CPRH)

Em ação de combate à caça de animais silvestres, desenvolvida como parte de um curso de Fiscalização em Unidades de Conservação (UCs), agentes ambientais resgataram, no fim de semana, 20 pássaros que estavam sendo mantidos em cativeiro em uma residência localizada no perímetro do Refúgio de Vida Silvestre (RVS) Matas do Sistema de Gurjaú, no Cabo de Santo Agostinho. Entre as aves resgatadas estão duas da espécie pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa), espécie endêmica do Nordeste brasileiro e classificada como vulnerável na lista das ameaçadas de extinção. O infrator foi autuado e multado em R$ 18,5 mil.

O curso vem sendo promovido desde dezembro pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em parceria com a Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) e as prefeituras do Cabo, Jaboatão dos Guararapes e Moreno. Tem como objetivo capacitar agentes ambientais dos órgãos estaduais (CPRH e Cipoma) e municipais, relacionados com a gestão de Unidades de Conservação. A ação prática de fiscalização fez parte do 3º Módulo.

Todas as aves resgatadas foram encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da CPRH, no bairro da Guabiraba, Recife, onde passarão por tratamento e serão reabilitados para, posteriormente, serem devolvidos à natureza. Além dos dois pintor-verdadeiro (ave, aliás, que é homenageado no nome do Cetas Tangara), foram resgatados seis sabiás, seis papa-capins, três tuins, dois cambacicas e um canário da terra.

O Refúgio de Vida Silvestre Matas do Sistema Gurjaú é a maior Unidade de Conservação da Região Metropolitana do Recife, com mais de 1.077 hectares, compreendendo áreas dos municípios do Cabo, Jaboatão e Moreno. É situada em bacia de proteção de mananciais, de acordo com lei estadual.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH
www.cprh.pe.gov.br


0 comentários:

Postar um comentário