quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Humberto: "economia brasileira se deteriorou na era Temer”


O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), destacou os dados do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgados esta semana, que revelam o declínio da atividade industrial do Brasil nos últimos seis meses. De acordo com os dados, entre 30 países analisados, o Brasil obteve a pior colocação com 46,2 pontos em novembro. O levantamento considera em recessão os países com índices abaixo de 50. Também integram a lista países como Turquia, Indonésia, Grécia e Índia.

Segundo o senador, a queda da produção industrial, associada ao incremento no número de desempregados do Brasil, mostra que a economia brasileira se “deteriorou na era Temer”. “Quando Temer assumiu, ele prometeu um governo de salvação nacional, mas hoje parece mais preocupado em salvar a própria pele, em meio a escândalos e mais escândalos que aparecem dia sim, outro também no seu governo”, avaliou.

Humberto disse ainda que a situação do Brasil vai de encontro ao que vem acontecendo em outros países do mundo. "É só pegar os dados do PMI e comparar. A Europa, os Estados Unidos que passaram por uma situação difícil e arrastaram o resto do mundo a uma crise, agora apresentam elevação na atividade industrial. Enquanto o nosso país entra cada vez mais fundo num buraco que o próprio Temer tem nos enterrado”, afirmou.

Segundo o senador, para sair da crise o Brasil precisa “restaurar a sua democracia”. “O Brasil perdeu a sua estabilidade desde o primeiro dia do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, quando a oposição, de maneira irresponsável , decidiu que não iria deixar a presidente, legalmente eleita, governar. E deu no que deu. Agora, estamos todos nós sentindo o efeito dessa crise. Apenas com uma eleição direta e a posse de um presidente novamente eleito pelo povo é que podermos sair dessa situação”, defendeu.

Por: Assessoria de Humberto


0 comentários:

Postar um comentário