terça-feira, 18 de outubro de 2016

Tiroteio no Sertão de PE; PM é baleado ao tentar intervir em discussão e dois ficam feridos


Três pessoas ficaram feridas após um tiroteio, na noite desta segunda-feira (17), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Entre as vítimas está um tenente da Polícia Militar (PM), de 48 anos, que tentou intervir durante uma discussão, em uma distribuidora de bebidas, na Rua 4, do bairro Vila Débora, Zona Leste da cidade.

Segundo informações da PM, a confusão começou quando um homem de 48 anos discutiu com o proprietário do estabelecimento comercial, de 27 anos, por causa de uma conta. O suspeito deixou o local e voltou em seguida com um revólver.

Ao perceber a movimentação, o tenente que estava na distribuidora deu voz de prisão ao suspeito. O homem não obedeceu a ordem no policial e fez um amigo, de 28 anos, de escudo humano. O jovem foi atingido por um tiro no ombro.



A informação da Polícia Militar é de que o suspeito atirou várias vezes contra o PM, que reagiu. O oficial foi atingido por tiros no abdômen, perna e braço. Tanto o tenente, quanto o jovem que foi feito de escudo foram socorridos por populares para o Hospital Universitário (HU). O policial perdeu um rim e teve o intestino perfurado.


O suspeito de iniciar o tiroteio foi encontrado escondido em uma casa em construção, ao lado da residência onde mora. A arma utilizada no crime estava enterrada em um quintal. O homem foi socorrido pelo Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), para o HU. Ele foi atingido por quatro tiros. De acordo com a PM o suspeito não corre risco de morte.

O homem permanece internado sob custódia da Polícia Militar e vai responder por tentativa de homicídio e por porte ilegal de arma de fogo. O Hospital Universitário não forneceu informações atualizadas sobre o estado de saúde das vítimas envolvidas.

Taisa Alencar
Do G1 Petrolina


0 comentários:

Postar um comentário