quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Semas e CPRH realizam seminário de Educação Ambiental em Panelas


A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em parceria com a Prefeitura Municipal de Panelas, no Agreste Central de Pernambuco, realizaram o seminário Fazendo Educação Ambiental em Panelas. O evento, que contou também com a participação da Secretaria Estadual de Educação reuniu professores, gestores locais, lideranças comunitárias e alunos da rede de ensino municipal estadual local.

No seminário, foram apresentados livros com conteúdos técnicos e da literatura infantojuvenil, cartilhas temáticas e cadernos de atividades produzidos e utilizados pela CPRH, nas atividades de educação ambiental da Agência. “São cartilhas e livros que tratam os assuntos de uma forma que você tem vontade de ler e de aprender mais, por isso eu adorei conhecer e vou indicar os que estão no site da CPRH para quem não veio”, complementou o estudante.

Segundo a gestora de Educação Ambiental da Semas e Presidente da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental de Pernambuco, Genilse Gonçalves, o objetivo foi “promover informações sobre conteúdos ambientais, divulgar as ações da CIEA e disseminar as atividades propostas no Programa de Educação Ambiental do nosso Estado.

A gestão da fauna silvestre foi um dos assuntos tratado no Seminário. A CPRH apresentou a campanha Animal não é brinquedo, buscando sensibilizar os presentes não só a adesão à campanha, mas também levar adiante a ideia de soltar animais silvestres criados como animal de estimação. “É muito importante a gente entender o valor desses animais, livres na natureza, e foi muito bom divulgar que criar animais silvestres em cativeiro é crime ambiental”, comentou a aluna Jéssica da Silva. Um dos instrumentos da campanha é o livro O Time, produzido pela Agência, que traz, em forma de conto, uma situação que chama a atenção para a criação de animais silvestres. “Eu vou usar o livro e vou estimular os meus alunos a terem esse olhar diferente para os animais silvestres. Sabemos o quanto é forte a cultura, principalmente, de pássaros em gaiolas. Mas é uma realidade que precisa ser mudada”, comentou a professora Fátima Oliveira.

A publicação da CPRH é distribuída gratuitamente nas atividades promovidas pela Agência e está disponível em formato digital, no endereço https://issuu.com/clacomunicacao/docs/livro_

Na proposta da troca de conhecimentos, os técnicos da Semas e da CPRH puderam conhecer uma propriedade onde é desenvolvida a agricultura familiar, além da feira de produtores rurais de Panelas e o projeto Renasce Uma Esperança, mantido pela Prefeitura local, e que atende 300 crianças de famílias de baixa renda, com aulas de reforço, oficinas de dança, música, panificação e de reciclagem e horta comunitária. “É um dos projetos que mantemos, na certeza de que essas crianças e adolescentes estão se desenvolvendo com melhores condições para enfrentarem os desafios do mundo”, declarou o coordenador de meio ambiente do município de Panelas, Edson Freire.


Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH
Fotos: CPRH/Divulgação


0 comentários:

Postar um comentário