quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Sem obter reeleição, prefeito assina exoneração em massa de comissionados em cidade do RJ

Derrotado nas urnas, prefeito de Mesquita manteve poucos servidores em cargos de comissão e alguns foram substituídos.

Em Mesquita, município da Baixada Fluminense, o prefeito Rogelson Sanches Fontoura (PRB), conhecido como Gelsinho Guerreiro, assinou portaria para a exoneração sumária dos servidores de cargos comissionados, exceto secretários, subsecretários, o controlador geral, subcontrolador geral, procurador geral e procurador geral adjunto, o presidente da CPL, o tesoureiro da administração direta e indireta, além do diretor de patrimônio e almoxarifado. Tomada um dia após o prefeito ser derrotado nas urnas em sua tentativa de reeleição. Ele tentava a reeleição, a medida foi publicada na edição de terça-feira (4) do Diário Oficial de Mesquita.

Na mesma data, o prefeito trocou o secretário de Planejamento e Governo e o subsecretário municipal de Administração. Na edição desta quarta-feira (05), o Diário Oficial do Município traz a substituição do secretário de Proteção e Defesa Civil, além da exoneração do subsecretário de Educação, do subsecretário de Meio Ambiente e do subsecretário de Governo e Planejamento.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações do G1 RJ


0 comentários:

Postar um comentário