sábado, 8 de outubro de 2016

Ministério da Integração Nacional cria Grupo de Trabalho para identificar novas oportunidades para o Nordeste

Equipe fará diagnóstico de potencialidades e entraves, além de propor ações para ampliar investimentos na região

Analisar os entraves e estimular o desenvolvimento do Nordeste do país, ampliar os investimentos dos Fundos Regionais e reduzir as desigualdades nos nove estados da região são os principais objetivos do Grupo de Trabalho instituído nesta sexta-feira (7), pelo Ministério da Integração Nacional. A criação do GT foi publicada no Diário Oficial da União.

O Grupo vai elaborar um diagnóstico de potencialidades regionais e analisar as oportunidades e possíveis investimentos. Dentre as missões estão dinamizar as atividades locais que tenham impacto direto na redução das desigualdades e construir condições econômicas para que cada região possa ampliar a produção a partir dos incentivos e, consequentemente, gerar emprego e renda.

Além de equipes do Ministério da Integração Nacional e da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), integram o GT representantes do Banco do Nordeste; e das Federações das Indústrias dos estados do Rio Grande do Norte, de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

O GT deverá apresentar um relatório final dos trabalhos num prazo de 90 dias a partir da publicação da portaria.

>Confira a portaria

Ascom Ministério da Integração Nacional


0 comentários:

Postar um comentário