segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Simone e Simaria são processadas por casal de fãs pernambucanos


'As Coleguinhas' em festa do padroeiro de Petrolândia (Foto: Assis Ramalho)

O que parecia ser a realização de um sonho transformou-se em uma dor de cabeça para dois pernambucanos fãs da dupla Simone e Simaria. Convidados para conhecê-las nos bastidores de um show no interior do estado, o casal não conseguiu entrar e precisou voltar à cidade sem ver as artistas. Agora, brigam na justiça por indenização.

Pedro, de 26 anos, e Renato, de 29, se conheceram em 2014, durante um show delas em Caruaru. Suas músicas embalaram o relacionamento dos dois, que culminou em casamento no ano passado. A cerimônia, inclusive, foi tematizada com canções da dupla. Em março deste ano, o casal publicou nas suas redes sociais uma homenagem a Simone e Simaria. Produtores das sertanejas viram a declaração e entraram o contato com o casal, oferecendo entradas para uma apresentação em Gravatá e acesso aos camarins.

"Queria deixar registrada aqui minha alegria de ver o tamanho do seu amor pela nossa história e pela nossa música. Eu amei ver que o seu casamento foi todo voltado para nossa canção", escreveu a cantora Simone Mendes Rocha. "Que vocês sejam imensamente felizes se amando, se respeitando e cuidando um do outro", desejou ela. Após combinar os detalhes do "presente" com assessores por meio da internet, os dois começaram os preparativos para a viagem.

A felicidade e expectativa com o futuro encontro, no entanto, logo viraram frustração. Ao chegar no local, Pedro e Renato tiveram o acesso negado e não conseguiram mais contato com a produção das artistas, que parou de responder às mensagens enviadas por meio de aplicativo. Ao Viver, caderno do Diário de Pernambuco, Pedro conta que se sentiu lesado. "Deixamos de trabalhar, viajamos, gastamos com a viagem e tivemos que voltar de carro durante a madrugada. Achei uma falta de respeito conosco", diz ele, que acompanha a dupla desde a época do Forró do Muído e atualmente como As Coleguinhas.

Os planos dele, inicialmente, não envolviam a Justiça. As cantoras e sua equipe, entretanto, não se mobilizaram para explicar a situação ou pedir desculpas, o que motivou o casal a abrir processo contra Simone e Simaria para reaver seus prejuízos. "Só queria um pedido de desculpas, mas nem isso tivemos. Fomos até bloqueados do Instagram", revela Pedro. Eles pediram R$ 5 mil em indenização mas, por meio de acordo, abaixaram o valor para R$ 3 mil. A primeira decisão do juiz foi favorável a eles mas as cantoras recorreram do veredito e agora aguardam a nova decisão. A assessoria da dupla disse que não vai se pronunciar sobre o assunto.

As informações são do Diário de Pernambuco.


0 comentários:

Postar um comentário