terça-feira, 13 de setembro de 2016

Remanso: Reitor garante a Marcos que UNIVASF pode se instalar no município

Marcos Palmeira e Julianeli Tolentino (Foto: Assessoria)

O Reitor da UNIVASF – Universidade Federal do Vale do São Francisco, Julianeli Tolentino, em uma longa e cordial conversa com o candidato a prefeito de Remanso, Marcos Palmeira (PC do B), na tarde desta segunda-feira (12/09), garantiu que a expansão da Universidade “depende de articulação e vontade política do gestor municipal”.

Explicando as dificuldades existentes, a burocracia necessária e as exigências do MEC, Tolentino diz que a UNIVASF está aberta ao diálogo e ao entendimento: “A proposta da UNIVASF é atender ao Vale do São Francisco e oferecer cursos que atendam à demanda da região. Estamos dispostos a estudar, discutir e acolher todos os pleitos”.

“Fico extremamente satisfeito em ver que em Remanso há um candidato que tem essa visão” – disse, referindo-se ao compromisso de Marcos Palmeira de conseguir um campus da UNIVASF para atender o município – “Temos o campus de São Raimundo, onde já estamos ampliando os cursos e Remanso pode se tornar um polo universitário que atenda às cidades vizinhas”.

Além da disposição ao diálogo, Tolentino apresentou a Marcos a possibilidade de instalação em Remanso “ainda no próximo ano”, de cursos não presenciais da UNIVASF. São bacharelados e licenciaturas com foco em gestão pública e administração.

Serviços

A UNIVASF possui diversas unidades móveis de atendimento oftalmológico e de saúde bucal, “disponíveis para gestores que se interessem no atendimento às crianças da rede escolar municipal. Temos equipamentos de última geração e a contrapartida da prefeitura é fornecer os profissionais”.

“Podemos levar estes serviços à Remanso” – Enfatizou Tolentino. – “São serviços gratuitos, exames e diagnósticos. No atendimento oftalmológico, se houver necessidade, a criança já sai do atendimento com óculos prontos e de graça”.

Avaliação

Avaliando o encontro com o Reitor, Marcos Palmeira diz que não é compreensível que o candidato do prefeito Celso, Zé Filho, prefeito por três vezes, “não tenha conhecimento destes programas e nunca tenha se interessado para levar a UNIVASF a Remanso”.

“Só há uma explicação: Ele não gosta de povo, não se interessa pela melhoria da vida das pessoas e não se importa com a saúde ou o futuro de nossas crianças. Quem nunca fez, não é agora que vai fazer”.

“Vamos ganhar as eleições e a UNIVASF será parceira nesse processo de mudança e desenvolvimento que Remanso precisa” – Diz Marcos Palmeira, reafirmando seu compromisso e vontade de ter cursos da UNIVASF ainda em 2017 e um campus “antes do final de nosso mandato”.

Assessoria do PC do B Remanso


0 comentários:

Postar um comentário