quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Primeira edição do projeto Saúde nos Portos é sucesso no Recife


O Porto do Recife recebeu, hoje (21/9), a 1ª edição do projeto Saúde nos Portos. O evento superou a meta e atendeu mais de 400 pessoas entre às 9h e 6h de funcionamento no Terminal Marítimo de Passageiros (TMP). O principal objetivo foi de incentivar a promoção da saúde do trabalhador portuário, por meio de ações diretas e esclarecimentos para estimular os cuidados integrais com o bem-estar do corpo. "Esta é uma ação voltada para os trabalhadores portuários e motoristas que com a rotina de trabalho não conseguem dar atenção básica para a saúde. E esta ação não acaba por aqui, após o atendimento de todos, esses dados vão ser computados e encaminhados para a Unidade de Saúde de cada localidade onde essas pessoas residem para que dêem continuidade aos tratamentos", disse Natália Barros, gerente de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura do Recife.

Entre os serviços de saúde foram oferecidos testes rápidos de glicose, sífilis e HIV, medição do índice de massa corporal, e vacinas contra tríplice, Hepatite B, Tétano.. Maria de Socorro, auxiliar de limpeza de uma empresa terceirizada dentro do Porto, aproveitou para fazer todo check-up. "Achei uma oportunidade muito boa, porque eu quase não tenho tempo para cuidar de verdade da minha saúde. Coloquei em dia todos os testes e vacinação", contou.

O evento foi uma ação conjunta entre o Porto do Recife, Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Ministério da Saúde, Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte SEST - SENAT, Prefeitura do Recife e o Governo do Estado de Pernambuco. De acordo com Rafaela Pires, Coord. Geral de gestão Ambiental, Saúde e Segurança da Secretaria de Portos da Presidência da República, o projeto que a princípio era experimental, foi expandido este ano e o Porto do Recife foi inserido na lista de 18 portos por todo Brasil que recebem o evento. "Fiz questão de vir ver de perto e estou impressionada com a belíssima estrutura do Terminal Marítimo de Pernambuco. O evento também foi incrível, um sucesso, os trabalhadores saíram super contentes. A expectativa é de que no ano que vem, neste mesmo período, possamos dar continuidade à ação aqui no Porto do Recife".

Também foram oferecidas ações socioeducativas para o combate do tráfico de pessoas e da erradicação da exploração sexual de crianças e adolescentes, em conjunto com o Projeto Proteger. "O projeto é de nível nacional, e foi iniciado neste ano. A Secretaria de Defesa Social (SDS) foi convidada, através da chefe do Núcleo de Tráfico de Pessoas, Geane Aguiar, para chegar junto ao trabalhador fazendo distribuição de panfletos, rodas de conversa e orientações", explica Erlene Cabral, coordenadora da Promoção Social do Serviço Social do Transporte (SEST) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

Para o Presidente do Porto do Recife, Flávio Gouveia, o principal objetivo do projeto é criar uma cultura do cuidado com a saúde nos trabalhadores portuários. Nosso compromisso local com é também com o entorno o Recife, pois ocupamos 60% do bairro. Recebemos cargueiros e navios de passageiros de vários continentes e temos que nos preocupar com a prevenção de doenças, então essa é a primeira vez que recebemos o projeto, mas com esse resultado positivo, certamente estaremos no calendário da ação a partir de agora", finalizou.

Coordenador de Comunicação e Imprensa/Porto do Recife S.A.


0 comentários:

Postar um comentário