sexta-feira, 2 de setembro de 2016

PM à paisana mata suspeito após assalto a cartório na Zona Norte do Recife

Caso aconteceu em frente a um cartório na Estrada de Belém, no bairro da Encruzilhada (Foto: Wagner Andrade/WhatsApp)

Um tiroteio no bairro da Encruzilhada, na Zona Norte do Recife, deixou uma pessoa morta na tarde desta sexta-feira (2). De acordo com a Polícia Militar (PM), o caso aconteceu após um assalto a um cartório na Estrada de Belém. Os disparos foram efetuados por um policial militar à paisana que estava no local no momento do crime.

Segundo pessoas que presenciaram o fato, a dupla chegou até o cartório em uma moto "cinquentinha". "Eles não demonstraram violência e pediram calmamente os pertences das pessoas. Solicitaram carteiras, relógios, celulares e alianças. Quando estavam saindo, o policial foi atrás deles", contou o engenheiro elétrico Antônio Fernando Neto, uma das vítimas do assalto.


Durante o tiroteio, os dois assaltantes foram baleados e um deles morreu no local. O outro, ferido, conseguiu fugir na cinquentinha e, segundo a PM, ainda está foragido. Uma mulher que passava pelo local também levou um tiro na perna e foi encaminhada ao Hospital Português, mas já teve alta. O caso será repassado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Casos recentes
Esse é o terceiro caso, nos últimos dias, em que um policial à paisana reage a uma tentativa de assalto e mata um suspeito. O primeiro caso aconteceu no dia 23 de agosto, na Praça do Arsenal, no Centro do Recife. O militar, que não estava trabalhando, evitou que uma dupla, de moto, roubasse objetos de pessoas que brincavam com o jogo eletrônico Pokémon Go. Um suspeito morreu e outro ficou ferido.

O outro caso aconteceu no dia 30 de agosto, quando um PM, que também não estava a serviço, reagiu a um assalto em um posto de gasolina durante a madrugada, na Avenida Abdias de Carvalho, em San Martin, na Zona Oeste do Recife. O policial efetuou disparos e o suspeito morreu na hora.

G1 PE


0 comentários:

Postar um comentário