sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Madalena Britto falta a mais um debate com candidatos à prefeitura de Arcoverde


O primeiro debate sobre a sucessão municipal em Arcoverde previsto para acontecer na manhã desta sexta-feira (9) na Rádio Itapuama FM, terminou não acontecendo devido a ausência da prefeita e candidata a reeleição, Madalena Britto (PSB). Estiveram presentes aos estúdios da emissora apenas os candidatos do PPS, Marlos Porto, e a candidata do PTB pela Coligação O Trabalho Está de Volta, Nerianny Cavalcanti. Todos os candidatos foram convidados na última segunda-feira (5). Uma hora e meia antes do debate, um ofício timbrado da Prefeitura e assinado pela Secretária de Comunicação, Cristiane Cordeiro, confirmou que a prefeita não iria ao debate por ter agenda anterior marcada.

O anúncio do cancelamento do debate devido a falta da candidata Madalena Britto foi feito pelos jornalistas João Ferreira e Zalxijone Ferreira que seriam os mediados do encontro, seguindo orientação da Justiça Eleitoral que exige a presença de todos os candidatos para a realização do debate.

O debate estava programado para começar as 10h45 e seria transmitido ao vivo pelo facebook e através do portal da emissora na internet. Dividido em quatro blocos, o encontro seria aberto com a apresentação dos candidatos, perguntas da emissora e ainda teria dois outros blocos com perguntas entre os candidatos e perguntas da população, via redes sociais.

Às 10h45 como previsto para começar e com a falta da candidata do PSB e atual prefeita Madalena Britto, a emissora anunciou o cancelamento do debate e programou para os próximos dias uma série de entrevistas com os candidatos de acordo com a legislação eleitoral.

Em sua rede social, o candidato Marlos Porto (PPS) disse “lamentar a ausência reiterada da prefeita. Atitudes assim corroboram o sentimento geral de que há muita coisa inexplicada na prefeitura e que a candidata teme ser questionada em público pelos seus adversários”. Ele finaliza parabenizando a candidata do PTB: “Parabenizo, assim, minha adversária, a candidata Nerianny, que conheci pessoalmente, nos estúdios da emissora e se mostrou uma pessoa bastante educada e afeita ao diálogo”.

Na saída da rádio, aonde centenas de militantes aguardavam o debate que não teve, a candidata trabalhista, Nerianny de Zeca, disse que “infelizmente, mais uma vez, a candidata e atual prefeita, foge do debate, desrespeitando o povo de Arcoverde que esperava ansiosamente por este momento para ouvir e debater as propostas dos candidatos”. Como pode alguém que se diz preparada, que sabe administrar e que se diz fazedora de obras fugir de um debate para não ter que responder e explicar ao povo o caos da saúde, as investigações do Ministério Público sobre possível superfaturamento das obras da avenida Cel. Antonio Japiassu e o que pretendia para os próximos quatro anos de mandato que, com a graça de Deus e do povo de Arcoverde, se encerram no dia 31 de dezembro deste ano sem renovação, concluiu Nerianny.

Esse é o terceiro debate sobre a sucessão municipal que a candidata socialista falta. Faltou a um encontro na quadra do Cardeal em evento promovido pela Diocese de Pesqueira para falar sobre saúde e educação e do debate promovido pelo Centro de Ensino Superior de Arcoverde sobre o presente e futuro da AESA (autarquia de ensino).

Paulo Carvalho


0 comentários:

Postar um comentário