quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Governo Temer adia transposição de olho em 2018, denuncia Humberto

"É clara a intenção do governo peemedebista de trazer de volta a imagem do Nordeste de fome, miséria e transformá-lo em seu curral eleitoral”, afirma senador (Foto: Divulgação)

Relator da comissão que fiscaliza o projeto de Transposição do Rio São Francisco no Senado, o líder do PT, Humberto Costa (PE), questionou a decisão do governo Temer de adiar para 2018 a conclusão das obras.

Segundo o senador, com 90% dos trabalhos concluídos, não há justificativa para um novo atraso. A decisão de prorrogar o prazo do início da operação do programa foi anunciada pela Agência Nacional de Águas (ANA) na resolução nº 1.133/2016, publicada no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 21 de setembro de 2016.

“O governo Temer tem mostrado que a prioridade dele com o povo nordestino é zero. Há um claro preconceito, uma volta ao passado, quando o nordestino era visto como bóia-fria e não existiam oportunidades. A transposição foi iniciada por Lula para que a seca, que sempre castigou o Nordeste, não fosse mais um problema com o qual se conviver. E o que Temer faz? Adia o projeto que já está quase pronto no período da pior seca dos últimos 50 anos. É clara a intenção do governo peemedebista de trazer de volta a imagem do Nordeste de fome, miséria e transformá-lo em seu curral eleitoral”, afirmou Humberto.

O líder do PT ainda lembrou que, mesmo em tempos de crise, a então presidenta Dilma Rousseff (PT) havia determinado a transposição como prioridade e que havia orçamento para concluir a obra no período previsto. “A presidenta Dilma e o presidente Lula sempre trataram a transposição como prioridade porque sabiam do tamanho e da importância da obra, que agora sofre com o descaso do governo Temer”, afirmou.

O projeto de Integração do Rio São Francisco foi iniciado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a proposta de levar água para 12 milhões de pessoas em quatro Estados (Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte) e tinha previsão de entrega entre o final de 2016 e o início de 2017.

Assessoria de Imprensa Senador Humberto Costa


Um comentário:

  1. a culpa e do pt que não terminou a obra no tempo certo devido a roubalheira e agora esse bandido do temer segue o exemplo do pt adiando a obra mais uma vez,esquerda direita voçes sõ todos iguais merecem muita porrada.......

    ResponderExcluir