quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Federação Pernambucana de Futebol participa de ação social

Presidente da FPF, Evandro Carvalho doou alguns brindes para a realização do tratamento de Letícia Cassiano (Foto: FPF/Divulgação)

A adolescência é um período cheio de sonhos e de descobertas, é a fase em que os jovens fazem planos como futuros profissionais, planejam viagens e conquistas. Para Letícia Cassiano de Santana, esse período também traz um outro desejo. O desejo de cura. Diagnosticada há dois anos com a síndrome genética Charcot Marie Tooth (CMT), uma doença degenerativa do sistema nervoso, a adolescente, de apenas 13 anos, sonha com a cura da enfermidade e tem a esperança de voltar a fazer planos para um futuro breve.

Filha do Tenente Coronel Cassiano e de Luciana Ribeiro de Santana Barbosa, Letícia recebeu o apoio da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para iniciar o seu tratamento nos Estados Unidos. O presidente da FPF, Evandro Carvalho, abraçou a causa e entregou ao militar uma camisa oficial do Santa Cruz, Sport e Náutico e da Seleção brasileira, além de uma jaqueta da CBF e duas bolas oficiais para a realização de um rifa, cujo dinheiro arrecadado será para ajudar no tratamento da adolescente.

As doações foram feitas, na sede da FPF, pelo presidente Evandro Carvalho, ao Coronel Henrique Senna, comandante do Colégio da PM em Recife, onde Letícia estuda. A entrega contou com a presença do coronel Jonas Barbosa, diretor de articulação social e direitos humanos da PMPE, de Letícia e de seus pais.

“Acredito que todos nós como cidadãos devemos ajudar de alguma forma. A FPF tem um trabalho social bastante importante que vem sendo realizado desde o primeiro ano em que assumi a presidência. Espero que com a doação desses brindes a entidade possa ajudar Letícia a conseguir realizar a primeira etapa do seu tratamento”, disse Evandro Carvalho.

Para continuar sonhando e projetando um futuro digno, a adolescente precisa tomar uma medicação que está sendo desenvolvida no Hospital das Clínicas da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos.

Por se tratar de uma medicação cara, os pais de Letícia abriram uma poupança no Banco do Brasil e estão contando com as doações para realizarem a primeira etapa do tratamento, nos Estados Unidos. Os brindes doados pela FPF farão parte de uma rifa que o Coronel Henrique Senna está organizando para conseguir mais uma parte do dinheiro para a viagem da jovem aos Estados Unidos, que acontece no dia 19 de janeiro do próximo ano.

As doações podem ser feitas através da conta:

Banco do Brasil
Conta: 62.200-1
Agência: 3613-7
Letícia Cassiano de Santana
CPF: 105.432. 574-01

SÍNDROME CHARCOT MARIE TOOTH (CMT)

A síndrome genética chamada Charcot Marie Tooth (CMT) se caracteriza pela destruição permanente da Bainha de Mielina, a capa que reveste os nervos e provoca retardo e perda na transmissão do impulso nervoso e a consequente dificuldade e progressiva diminuição dos movimentos, sobretudo dos membros superiores e inferiores. A evolução da doença depende do organismo de cada paciente.

FPF


0 comentários:

Postar um comentário