quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Construções de cisternas calçadão na Zona da Mata estão ameaçadas

Oito municípios aguardam liberação de recursos para obras em benefício de agricultores familiares (Foto: Coopagel)

A COOPAGEL recebeu em sua sede nesta terça- feira (13), os representantes de Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rurais Sustentáveis, Secretarias Municipais de Agricultura e de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais dos municípios da Zona da Mata de Pernambuco. Em pauta, a cobrança do andamento do Projeto de Implementação da Tecnologia Social de Acesso a Água para Produção, Cisternas Calçadão na região.

Através de um contrato firmado com a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco (SARA), a partir de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS), a COOPAGEL está executando as ações do Projeto Pernambuco Mais Produtivo. A proposta é construir um total de 500 cisternas calçadão distribuídas em 20 municípios da Zona da Mata Norte e Sul. No entanto, a instituição aguarda a liberação de recursos para a continuação das atividades em Lagoa do Carro, Chã de Alegria, Lagoa de Itaenga, Paudalho, Glória do Goitá, Chã Grande, Pombos e Vitória de Santo Antão.

Na reunião o coordenador Executivo da COOPAGEL, Carlos da Luz, fez um resgate das conquistas na área de agricultura familiar, a partir da garantia das políticas públicas, uma das linhas de ação da instituição. Outro ponto de diálogo foi uma análise sobre a atual conjunta política e o reflexo na liberação de recursos para a conclusão dos projetos autorizados, mas que não tem perspectiva para sua continuidade. “A proposta da nossa reunião é dar uma satisfação aos representantes dos Conselhos Municipais, Sindicatos de Trabalhadores Rurais e Secretarias de Agricultura, que nos tem pressionado sobre o andamento da execução desse contrato”, argumenta Carlos da Luz.

Visando cumprir as metas previstas no contrato a COOPAGEL protocolou na Secretaria Executiva da Agricultura Familiar de Pernambuco (SEAF) o Ofício nº. 177/2016 solicitando a liberação dos recursos financeiros relativos a uma parte existente em caixa na SEAF/SARA, a fim de atender as demandas de construção nos municípios pendentes. O valor licitado para a execução da COOPAGEL corresponde apenas a 5,32% do volume disponibilizado contratado para execução de ações na Zona da Mata, onde outros contratos com a atuação em outros territórios de Pernambuco só a 1ª parcela somam valores superiores do que todo o contrato da COOPAGEL.

O município de Vicência foi contemplado com 25 cisternas calçadão. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Antônio Minervino, ressaltou os benefícios do reservatório para a produção das famílias de Vicência e que deseja que os demais agricultores sejam contemplados com os reservatórios. “Conheço a seriedade do trabalho da COOPAGEL e temos que nos unir, nos fortalecer para garantirmos que os demais municípios também alcancem a cisterna calçadão”, reafirmou.

Como encaminhamento, os representantes conseguiram agendar uma reunião com o Secretario Executivo da Agricultura Familiar de Pernambuco, José Claudio da Silva, para o dia 22 de setembro.

Ascom COOPAGEL


0 comentários:

Postar um comentário