terça-feira, 9 de agosto de 2016

Uso de tecnologia pode auxiliar a gestão de bacias hidrográficas, afirma Sérgio Xavier em Encontor do CBHSF

Sérgio Xavier, titular da SEMAS-PE, no 1 º Encontro do CBHSF, em Salvador (Foto: Ascom CBHSF)

Em continuidade ao 1 º Encontro do CBHSF com Membros do Ministério Público Federal, que acontece em Salvador, o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, Sérgio Xavier, enfatizou nesta segunda-feira (08.08), a importância do uso de estratégias digitais como forma de aprimorar a gestão de bacias hidrográficas no estado. “É hora de digitalizar a gestão dos bens mais relevantes para a sociedade, como ambiente, clima e água. Temos que fazer uma gestão baseada na era digital”, disse o secretário.

O secretário destacou, no entanto, que apenas a tecnologia não é suficiente para garantir um bom gerenciamento dos recursos hídricos: “Se não houver o desejo de fazer e comitês de bacias ativos, pode ter a melhor tecnologia do mundo que não funciona, há a necessidade de ter compromisso dos órgãos envolvidos com essa gestão,” destacou.

Xavier observou que a interação com a sociedade, através das plataformas digitais, vem marcando o trabalho de gestão desenvolvido em Pernambuco em função do rio Capibaripe, com o incentivo às comunidades a compartilharem o que está acontecendo com o rio. “No caso do rio São Francisco, que tem um comitê altamente ativo, seria um grande prazer para nós de Pernambuco adquirir outros conhecimentos que pudessem ser aplicados nessa experiência do Capibaribe”, finalizou o secretário.

ASCOM – Assessoria de Comunicação do CBHSF


0 comentários:

Postar um comentário