domingo, 21 de agosto de 2016

Serra Talhada: Copa Beneficente de Futsal é realizada com participação de 31 equipes

Com muitas dificuldades enfrentadas para realizar a terceira edição do evento, organizador deixa em dúvida se realizará novo campeonato (Fotos: Divulgação)

Entre os dias 16 a 20 deste mês, com organização do professor Robério Duarte, aconteceu em Serra Talhada a Copa Beneficente de Futsal, da qual participaram 31 equipes e foram realizados 48 jogos.

O título de campeão na categoria Pré-Mirim foi para o Colégio Imaculada Conceição, e a Escola Manoel Pereira Lins foi vice-campeã. Na categoria Mirim, a equipe do Methodio de Godoy conquistou o campeonato, com a Escola Irnero Ignacio o vice-campeonato. Os times da Solidônio Leite e da Erem Cornélio Soares foram, respectivamente, campeão e vice-campeão na categoria Infantil.

As partidas foram disputadíssimas. A decisão do Pré-Mirim teve como placar Colégio Imaculada Conceição 4 x 2 Manoel Pereira Lins. Na final do Mirim, o Methodio de Godoy venceu o Irnero Ignácio por 4 x 0. Já na Infantil, o Solidônio Leite venceu a EREM Cornélio Soares por 1 x 0.



Os alimentos arrecadados no evento foram distribuídos como cestas básicas a famílias carentes do município, na manhã deste domingo (21), afirma o Robério Duarte.

"Estou muito feliz pelos resultados alcançados nessa III edição da Copa Beneficente de Futsal. [Feliz com] os jogos que ocorreu tudo tranquilo, com lealdade e dignidade, aos alimentos arrecadados e pela participação dos professores de Educação Fisica. Mas, afirmo que esse ano eu tive muita dificuldade em realizar esse evento, principalmente na arbitragem. Muitos jogos quem apitavam era nós, professores de educação física, quando as nossas equipes não estavam jogando, Na verdade, tem apenas um guerreiro que não mediu esforço para apitar os 11 jogos por dia, revezando conosco, que foi o amigo Reinaldo, que mora no bairro Bom Jesus", enfatizou o organizador.

Robério acrescenta outras dificuldades enfrentadas nessa terceira edição da Copa. "Tive problemas com professores que só se preocupou em colocar a sua escola para participar, sem se preocupar em arrecadar os alimentos com os seus alunos. No dia da reunião nós tínhamos combinado de dar uma ajuda para comprar as medalhas e troféus dos nossos alunos. Cerca de 08 professores que estavam participando, 04 contribuíram, e isso desmotiva a gente realizar um evento como esse, que só faz ajudar um irmão que necessita de ajuda."

O professor deixa em aberto a possibilidade de não realizar nova edição do torneio. "No próximo ano, eu vou repensar se faço ou não esse evento, para o esporte amador, o de base, o que falta mesmo é incentivo das autoridades superiores. A vontade maior é de fazer o bem sem olhar a quem, mas pra isso precisamos de parcerias, sozinhos não fazemos nada, não vamos a lugar nenhum."

"Por fim, agradeço a Deus por ter me dado força para realizar esses jogos, aos professores de Educação Física, pela participação dos alunos, aos voluntários que, quando dava, iam ao ginásio para apitar um ou dois jogos com Reinaldo; a Carlos, Cicinho, Manoel Barboza, Maria Betania, Luciano, Helder, Rogerio Souza , Rangelentre, outros guerreiros [que ajudaram] pra esses jogos corressem", finaliza Robério Duarte.

Blog de Assis Ramalho
Com informações e fotos de Robério Duarte


0 comentários:

Postar um comentário