quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Projeto da Codevasf oferece ações educativas a juventude rural do semiárido

Projeto Amanhã (Foto: José Luiz Oliveira/Codevasf)

Mais de 390 jovens moradores de comunidades rurais do semiárido ganharão, até o final deste ano, novos horizontes profissionais: eles serão capacitados em diversas áreas de conhecimento pelo Projeto Amanhã, iniciativa da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) que já beneficiou, desde 1993, mais de 30 mil pessoas de 14 a 26 anos nos estados de Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe.

O objetivo é proporcionar alternativas de geração de emprego e renda para esses jovens da zona rural, em locais que historicamente atravessam estiagens prolongadas. Entre os cursos já realizados este ano está o de apicultura básica, no município de Itabi, oferecido pela Superintendência Regional da Codevasf em Sergipe. A capacitação contou com 21 participantes, que aprenderam a implantar apiário, capturar enxames, e também obtiveram noções sobre a produção apícola e a manutenção das colmeias, entre outros ensinamentos.

“Eu já trabalhava com abelha, mas tinha pouco conhecimento. Agora, com esse curso, adquiri mais conhecimento e pude trocar informações com outros apicultores. Foi um grande reforço para todos os jovens da região”, avalia Luiz Wesley da Silva Resende, 27 anos, morador da área rural do município, cuja família foi também estruturada com kit de apicultura.

Em Alagoas, no mês de julho o projeto capacitou 16 jovens indígenas da aldeia Kariri-Xocó, em Porto Real do Colégio. “O curso foi muito bem organizado. Agora, com os conhecimentos adquiridos, eu já estou tendo mais uma noção sobre o trabalho. Graças a Deus, o que eu tenho para falar sobre o curso é só agradecimento, apenas elogios”, disse Wildslan Miguel dos Santos, de 19 anos, participou do curso de Informática.

Segundo informa o gerente de Desenvolvimento Territorial da Codevasf, Walber Santos, o incentivo à permanência dos jovens no campo por meio da qualificação profissional é o principal objetivo do projeto, que também busca inseri-los no mercado de trabalho.

No norte de Minas, o Projeto Amanhã vai qualificar, neste ano, mais de 310 jovens nos municípios de Jaíba, Cabeceira Grande e Janaúba. Na comunidade rural de Jacarezinho, no município de Janaúba, em torno de 60 jovens participam do curso de informática básica oferecido pelo projeto. O curso está sendo realizado no Centro Comunitário de Jacarezinho, em parceria com a prefeitura municipal.

As capacitações são gratuitas e ocorrem de acordo com as demandas do mercado local, regional e nacional. Uma das jovens atendidas pela ação é Sarita Pereira. “É muito importante, pois informática é praticamente tudo nos dias de hoje. Antes, fiz também pelo projeto o curso de corte e costura, que foi bom demais”, conta.

No Médio São Francisco baiano, área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sede em Bom Jesus da Lapa (BA), 74 alunos recebem capacitação nas áreas de apicultura básica, produção de rainhas, mandiocultura e caprinocultura. Os cursos contam com a parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicato dos Produtores Rurais de Irecê (Sinpri). O público atendido reside nos municípios de Irecê, São Gabriel, Ibipeba, América Dourada, João Dourado e América Dourada.

Cursos programados

Em Minas Gerais, estão em andamento os cursos de Corte e Costura (Janaúba), realizado em parceria com a Associação Beneficente Projeto Canaã e Associação dos Moradores do Bairro Boa Vista; qualificação em Elétrica Predial e Industrial (Jaíba), realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/MG) e Projeto Vida Jaíba; Panificação e Confeitaria (Cabeceira Grande), com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/GO), e Modelagem e Corte e Costura (Cabeceira Grande), com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/GO).

Em Sergipe, no município de Brejo Grande (povoado Brejão dos Negros), estão previstos cursos de apicultura, produção de mel e de pólen; oficina de compostagem, em Neópolis (Escola Agonaldo Pacheco); avicultura e suinocultura, em Japoatã (Escola Família Agrícola Ladeirinhas); e produtos derivados do leite em Itabi. Os cursos em Japoatã e Itabi serão realizados em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Os jovens interessados em participar do Projeto Amanhã podem procurar a Codevasf em seu estado, ou enviar ofício ou carta à Companhia. “As atividades de treinamento são complementadas com cursos, palestras, dias de campo, práticas de empreendedorismo e associativismo para oportunizar o primeiro emprego”, explica a coordenadora geral do projeto Amanhã, Maria da Conceição da Silva.

Mais informações: http://www.codevasf.gov.br

Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf


0 comentários:

Postar um comentário