segunda-feira, 29 de agosto de 2016

MST bloqueia rodovia federal em Pernambuco em protesto contra impeachment

Jaime Amorim, da direção estadual do MST, afirma que o protesto é “contra o golpe em curso no país” (Foto ilustrativa)

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou, em Pernambuco, o que a organização anuncia ser uma série de bloqueios de rodovias, nos últimos dias de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (PT), no Senado. Uma manifestação na BR-232, no município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR), interrompeu o tráfego por cerca de uma hora e meia.

A manifestação começou por volta de 8h30, e a liberação da via ocorreu às 10h, aproximadamente. Os dois sentidos da BR-232 foram bloqueados com galhos e fogo. De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Corpo de Bombeiros trabalha no local para limpar a pista e liberar completamente o trânsito.

Jaime Amorim, da direção estadual do MST, afirma que o protesto é “contra o golpe em curso no país”. Ele acredita que o impeachment não vai ser concretizado no Senado, mas diz que a entidade vem se preparando para o quadro inverso. “Nós vamos continuar fazendo a luta, tem programado manifestação no Brasil inteiro, greve geral”, diz.

O dirigente anuncia que ainda estão programados novos bloqueios para esta tarde e para amanhã. Ainda nesta manhã há previsão de uma manifestação na BR-408, próximo ao municípío de Petrolina, mas a PRF afirma que ainda não há registro de movimentação na região.

Agência Brasil


0 comentários:

Postar um comentário