sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Gestão de Saneamento Rural é discutida em todo o Estado de Pernambuco

Projeto do ProRural de Capacitação em Gestão de Saneamento Rural gera investimento de R$ 2 milhões do Governo do Estado, com financiamento do Banco Mundial, através do ProRural (Fotos: Divulgação)

Cerca de 200 pessoas participaram nesta quinta-feira (11), do Seminário Regional de Gestão Comunitária de Saneamento Rural, promovido pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), através do ProRural. A importância do tema fez lotar o auditório do hotel Imperial, em Salgueiro, com agricultores familiares, além de representantes dos Conselhos Rurais, Prefeituras, Institutos Federais, entidades estaduais ligadas à agricultura como o IPA, Faculdades e Organizações não governamentais (ONGs) que trabalham no meio rural.

O Seminário é o primeiro de uma série de atividades sobre o tema que acontecerão até 2017, e terá um investimento de R$ 2 milhões financiados pelo Banco Mundial, dentro do Programa Pernambuco Rural Sustentável (PRS), tem como objetivo minimizar a pobreza e melhorar a qualidade de vida da população rural. Todos os agricultoras participantes do evento são beneficiários de projetos de Recursos Hídricos financiados pelo Governo do Estado com recursos do Bird, por meio do ProRural, nos municípios como Inajá, Tacaratu, Belém do São Francisco, Itacuruba e Floresta.

O objetivo principal da ação é otimizar o uso dos recursos hídricos e de esgotamento sanitário, garantir melhorias sanitárias nos domicílios rurais, assim como mais eficiência na gestão da água em projetos apoiados pelo Estado, como os de implantação de cisternas para captação das águas das chuvas, poços artesianos com sistemas de distribuição comunitária e construção de banheiros, entre outros. Os trabalhos garantirão também a implantação de medidas estruturadoras que assegurem a ampliação do acesso à água, assim como a qualidade e sustentabilidade dos serviços públicos de saneamento na área rural.
Para o diretor Geral do ProRural, Anselmo Pereira, o trabalho vai garantir melhoria na qualidade de vida e saúde dos agricultores familiares e suas famílias. “Não basta apenas garantirmos acesso à água e ao banheiro em casa, por exemplo, é preciso assegurar que quem vai receber o benefício saberá usar da melhor forma possível”. Na próxima semana, os seminário regionais acontecerão nas cidades de Arcoverde (15/08) e em Gravatá (17/08), envolvendo representantes de mais de 34 municípios do Sertão, Agreste e Zona da Mata de Pernambuco.

Assessoria de Comunicação/ProRural - Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária Governo de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário