quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Fábricas de plástico do Agreste ganham Diagnóstico de Competitividade


O Sindicato da Indústria de Material Plástico (SIMPEPE) apresentou o Diagnóstico de Competitividade, realizado entre empresas do setor, instaladas no Agreste. A reunião aconteceu na última quinta-feira (28/07), no Sebrae, em Caruaru. Também foi discutido o cronograma de ações e as atividades a serem realizadas.

A iniciativa integra as ações do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico – Pic Plast. O objetivo é aumentar a produtividade, competitividade e sustentabilidade das microempresas e empresas de pequeno porte transformadoras de resinas plásticas. O plano é uma iniciativa da Braskem em parceria com Sebrae Nacional e Local, Abiplast e SIMPEPE.

“Essa é uma oportunidade única para os empresários agregarem valor aos seus negócios, implantando ideias inovadoras e melhores práticas organizacionais,” esclarece Walter Câmara, presidente do SIMPEPE.

Os empresários que aderiram ao PICPLAST irão desenvolver, nos pequenos negócios, habilidades que vão desde os conhecimentos técnicos para lidar com o material até reforço na qualificação profissional e na gestão empresarial.

Para a coordenadora do encadeamento produtivo do Sebrae, Ângela Saito a informação é um diferencial competitivo nesse momento de crise e auxilia a prever, através de estudos, os caminhos mais seguros para o negócio. “O encadeamento de grandes companhias, como a Braskem, com as pequenas empresas estabelece relacionamento corporativos que agregam valor, competitividade e fortalece a competência tecnológica de todo o setor. É um ganho para todos”, ressalta.

Além da consultoria do Sebrae, os empresários terão acesso a mapa de tendência e fatores críticos de sucesso da Braskem, visitas técnica às instalações da empresa, entre outros benefícios. O Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico terá duração de doze meses. Além de Pernambuco, outros sete estados estão sendo contemplados com o projeto: Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, São Paulo, Bahia e Alagoas.

Por Ascom SIMPEPE


0 comentários:

Postar um comentário