quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Exposição de crianças e adolescentes na Internet será discutida em workshop do CGI.br e NIC.br

Atividade integra programação do VII Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais

Pela primeira vez, o Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais, realizado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), promoverá um workshop dedicado ao debate sobre os impactos da exposição de crianças e adolescentes na Internet. A atividade é gratuita e acontece no dia 24 de agosto, em São Paulo, trazendo questões da esfera jurídica e técnica, mas com uma proposta educacional. A discussão é aberta à participação de todos os interessados, que devem fazer a inscrição no sítio: http://seminarioprivacidade.cgi.br.

“O objetivo do workshop é reunir pesquisadores, educadores, advogados, psicólogos, pais e responsáveis, e todos aqueles que se preocupam e se interessam com a privacidade de crianças e jovens na Internet, seja por razões profissionais ou pessoais. Será, portanto, um espaço de interação e debate com profissionais envolvidos com o tema”, pondera Kelli Angelini Neves, gerente da Assessoria Jurídica do NIC.br.

No encontro, Alexandre Barbosa e Fabio Senne, ambos do Cetic.br, apresentarão dados da pesquisa TIC Kids Online Brasil, que investiga o acesso e uso da Internet por crianças e adolescentes. Os impactos da exposição de crianças e adolescentes ao mundo digital serão tratados por Rodrigo Nejm (Safernet), enquanto o cuidado com a privacidade será debatido por Helena Martins (Google). Orientações sobre a educação e implementação de boas práticas para a inclusão digital de crianças e adolescentes serão fornecidas por Eduardo Dias de Souza Ferreira (MPE/SP) e Mario Volpi (Unicef).

O workshop vai discutir, ainda, o medo do ostracismo social e o fim da intimidade de crianças e adolescentes, com a participação de Isabella Henriques (Instituto Alana) e Kimberly Anastácio (jovem do Programa Youth). No âmbito jurídico, as advogadas Kelli Angelini (NIC.br), Alessandra Borelli (OAB/SP) e Cristina Sleiman (presidente da Comissão de Educação Digital da OAB/SP) abordarão o direito ao respeito a crianças e adolescentes.

Seminário de Privacidade

Além do workshop, a 7ª edição do Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais, que tem como parceiros o Ministério Público Federal de São Paulo (MPF/SP), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a Internet Society (ISOC), reunirá renomados especialistas do meio jurídico e acadêmico nos dias 24 e 25 de agosto, em São Paulo. Entre os principais temas da programação estão: iniciativas sobre proteção a privacidade e aos dados pessoais em tramitação no Legislativo, economia do compartilhamento, o decreto que regulamenta o Marco Civil da Internet sob a perspectiva da proteção aos dados pessoais, o direito ao esquecimento, privacidade e segurança no uso de criptografia, interseções entre big data, mídias, provedores de aplicações, e a defesa da privacidade e liberdade de expressão. O encontro é gratuito e será transmitido ao vivo pela Internet.

Agenda
VII Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais
Dias 24 e 25 de agosto
Workshop - Proteção da Privacidade de Crianças e Adolescentes na Internet
Dia 24 de agosto
Blue Tree Premium Morumbi
Av. Roque Petroni Junior, 1000 - Brooklyn Novo, São Paulo – SP
Inscrições para evento e workshop: http://seminarioprivacidade.cgi.br
Evento gratuito / Vagas limitadas

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — Ceptro.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — Cetic.br (http://www.cetic.br/), implementar e operar os Pontos de Troca de Tráfego — IX.br (http://ix.br/), viabilizar a participação da comunidade brasileira no desenvolvimento global da Web e subsidiar a formulação de políticas públicas — Ceweb.br (http://www.ceweb.br), e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
O Comitê Gestor da Internet no Brasil, responsável por estabelecer diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil, coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no País, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios do multissetorialismo e transparência, o CGI.br representa um modelo de governança da Internet democrático, elogiado internacionalmente, em que todos os setores da sociedade são partícipes de forma equânime de suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (http://www.cgi.br/principios). Mais informações em http://www.cgi.br/.

S2Publicom


0 comentários:

Postar um comentário